Por: Admin

Por: Admin

16 outubro, 2018 • 2:24

Por: Lexi Gibson e Cessi Riva Mosquera

Defendendo uma nova era de melhores empresas para trabalhar FOR ALL

Nosso mundo está mudando a uma velocidade vertiginosa. Aquilo que consideramos ótimo, inovador e pioneiro há 20 anos não é mais verdade. Este é o caso não só dos nossos dispositivos tecnológicos e bens de consumo do dia-a-dia, mas também dos nossos locais de trabalho.

É por isso que o Great Place to Work® está evoluindo na forma de avaliar e reconhecer as melhores empresas em todo o mundo. Conforme detalhado em nosso novo livro A Great Place to Work For All, temos um novo modelo e uma nova missão, focados em ajudar as empresas a maximizar seu potencial humano, inspirando seus funcionários a inovar e a se conectar mais plenamente com seus líderes e seus valores organizacionais. Temos um foco renovado na identificação de empresas que criam ótimos ambientes de trabalho para cada pessoa na sua força de trabalho – verdadeiros ótimos ambientes de trabalho PARA TODOS.

As melhores empresas para trabalhar do mundo deste ano representam empresas que estão liderando o processo nesta nova era de culturas inclusivas com líderes fortes que motivam, inspiram e recompensam as pessoas por crescerem e impactarem diretamente nos resultados de negócio. Essas 25 organizações continuam se mantendo à frente da curva e continuam evoluindo suas culturas para atender às demandas do futuro.

Inovando nas experiências do cliente e empoderando os funcionários em todos os níveis

A Adobe é bem conhecida por sua abordagem centrada em design para seus produtos, apoiando pessoas em todo o mundo na criação de um belo trabalho. A empresa faz isso em grande parte devido ao seu compromisso incansável de ver as coisas do ponto de vista de seus clientes. É por isso que a empresa criou seus novos eventos chamados Experience-athon. Em cada Experience-athon, uma equipe traz um produto novo ou atualizado a um grupo de funcionários para que eles experimentem. A equipe de produtos monitora as reações dos funcionários, coleta seus comentários e, em seguida, faz alterações no produto ou característica para resolver qualquer problema. Para os funcionários, essa experiência ajuda a empresa a entender os comportamentos do usuário para o usuário final, tornando os funcionários em pensadores mais críticos sobre como resolver problemas do cliente.

Um funcionário compartilha o valor e o impacto desses eventos: “Nosso Experience-athon teve três benefícios principais: para os funcionários, ajudamos a desenvolver maior empatia com o cliente; para o produto, ajustamos bugs específicos do navegador e outras solicitações, e para a nossa próxima geração, geramos consciência interna e defesa de direitos. Isso não tem preço!”

Funcionários da Adobe são inspirados para criar experiências que importam.
Funcionários da Adobe são inspirados para criar experiências que importam.

 

A Adobe incentiva a inovação em todos os níveis e de todas as formas, não apenas em eventos específicos. Por exemplo, ela apoia seus estagiários a explorar suas paixões e lhes dá os recursos para desenvolver, crescer e fazer uma contribuição significativa para o negócio. Foi o que aconteceu com TJ Rhodes, que começou como estagiário e agora é o primeiro engenheiro de pesquisa de hardware da equipe de pesquisa da Adobe – tudo porque ele foi empoderado para tentar novas ideias. De estagiário a engenheiro de pesquisa, TJ tem explorado sua paixão desde que começou com a Adobe.

Líderes olham para o futuro e inspiram suas pessoas

Uma liderança forte, com uma visão clara do futuro e de como chegar lá, é uma marca registrada de uma ótima empresa. Um desses líderes é o CEO da Cadence, Lip-Bu Tan. Os funcionários da empresa fazem referência ao seu estilo de liderança inclusivo, cativante e inspirador como uma das razões pelas quais eles adoram trabalhar para a empresa. Projetos desafiadores e impacto recompensador vão de mãos dadas com isso, porque Lip-Bu claramente conecta os esforços diários dos funcionários com o sucesso geral da empresa.

Funcionários orgulhosos da Cadence celebram sua cultura de ganhar prêmios.
Funcionários orgulhosos da Cadence celebram sua cultura de ganhar prêmios.

 

Lip-Bu e sua equipe de gestão executiva compartilham a estratégia de negócios e fornecem atualizações frequentes sobre o progresso de seus funcionários durante as reuniões trimestrais da Cadence. Quando a empresa lançou seu novo modelo de cultura de alto desempenho e sua meta de mudar para a habilitação de design do sistema, os líderes seniores tomaram um grande cuidado para garantir a coesão estratégica em todos os níveis e alinhar todos os funcionários aos seus objetivos.

Essa abordagem foi recebida com elogios dos funcionários, como um membro da equipe que compartilha: “A cultura de alto desempenho realmente ressoou, e eu gostei de como cada líder trouxe isso e conectou de volta ao negócio. Muito transparente. Bem feito!”

Os funcionários mais novos viam a cultura nessa abordagem como um respiro de ar fresco: “Entrei na Cadence recentemente e o trimestre foi uma mudança maravilhosa. Agradecendo e aplaudindo grupos-chave, esforçando-me para explicar os resultados operacionais, colocando energia para dar um tema para uma reunião e contando piadas para inspirar e motivar. Isso é altamente renovador para mim. Ótimo trabalho!”

Culturas intencionalmente inclusivas melhoram o desempenho

A EY é bem conhecida por seus esforços em torno da diversidade e inclusão, tanto dentro como fora da empresa. Ela fala isso sobre a importância da diversidade e inclusão na promoção de uma cultura global de alto desempenho:

Diversidade é sobre diferenças, os fatores que nos tornam únicos. Inclusão é sobre alavancar essas diferenças como parte de um ambiente onde todos os nossos funcionários são valorizados e podem contribuir com o seu melhor em cada momento. Nosso propósito de construir um mundo de trabalho melhor não é focado em um setor, um grupo de pessoas ou uma região, e – em nossos escritórios nos EUA e no mundo – procuramos e cultivamos os futuros líderes que podem coletivamente transformar nossa visão em realidade.

A empresa tem sido uma apoiadora com orgulho dos direitos LGBT, defensora de mulheres profissionais em vários temas e em todo o mundo, e patrocina eventos como os Jogos Paralímpicos. A EY também está patrocinando pesquisas do Centro de Inovação de Talentos para examinar como a raça afeta o engajamento e a retenção de pessoas de diferentes etnias no trabalho, particularmente negros americanos; se a falta de comunicação entre a gerência e funcionários afeta a confiança, o comprometimento e a dinâmica da equipe, e se a falha de falar contra a discriminação fora do local de trabalho prejudica o sucesso do negócio.

Inclusão em ação na EY.
Inclusão em ação na EY.

 

Um de seus programas que promove um ambiente de aprendizado inclusivo, onde as pessoas podem aprender com as diferenças umas das outras, é o seu programa de mentoria reversa, liderado por sua rede de funcionários chamada AccessAbilities. Os pares foram estrategicamente escolhidos para otimizar o aprendizado dos mentorados, bem como construir conexões de carreira valiosas para os mentores. Um gerente que é usuário de cadeira de rodas, por exemplo, foi mentor do gerente de parcerias de Toronto, para que ele pudesse entender melhor as questões de acessibilidade de instalações, já que o escritório planeja uma reformulação significativa. Essas parcerias ajudaram os participantes a entenderem as diferentes perspectivas e ajudaram a mudar os comportamentos de forma positiva.

Valores fortes ajudam culturas a prosperar

A empresa familiar Mars tem um conjunto de Cinco Princípios (Qualidade, Responsabilidade, Mutualidade, Eficiência e Liberdade) que formam a base de tudo o que faz, desde a estratégia de negócio até as práticas de reconhecimento e gestão de desempenho. Esses princípios formam a estrutura da organização e todos os funcionários devem ser portadores e defensores da cultura.

Um associado conta como os Cinco Princípios influenciaram sua experiência na Mars e seu desejo de crescer com a organização:

Quando eu estava procurando um emprego depois da faculdade … eu queria entrar pela porta de um escritório e ter a mesma sensação que tive quando entrei no campus da faculdade pela primeira vez – a sensação de que pertencia àquele lugar. Tudo na minha entrevista foi baseado nos Cinco Princípios. Começando a entrevista, eu não estava muito ciente de que esses princípios pudessem ter um papel tão forte em um único escritório, quanto mais em uma empresa inteira… Isso rapidamente se tornou evidente na entrevista e quão importante era o papel que esses princípios desempenhavam na entrevista, certificando que eu era um forte candidato que iria comer, dormir e respirar os Cinco Princípios. Enquanto estava conhecendo o escritório, eu tinha aquela sensação de pertencimento – eu me via aqui não só para o curto prazo, mas para o longo prazo – com potencial de me desenvolver e crescer.

 Pessoas (e cachorros!) na Mars vivem os Cinco Princípios.
Pessoas (e cachorros!) na Mars vivem os Cinco Princípios.

 

Um dos programas mais celebrados da Mars que capta a essência de seus Cinco Princípios é o programa Make the Difference (MTD). O MTD celebra indivíduos e equipes que trazem inovações e iniciativas excepcionais aos negócios, de forma a refletir seus princípios fundamentais. Isso reforça a crença de que uma pessoa, uma ideia – não importa quão pequena, nem função ou segmento do negócio – pode ter um impacto importante em toda a organização e nas comunidades que a empresa atende.

Os números realmente sobem quando o foco é nas pessoas

Por volta de 1999, Marcos Galperin fundou o Mercado Libre em Buenos Aires, Argentina. Naquela época, a equipe de fundadores tinha um objetivo fundamental: as pessoas sempre em primeiro lugar. Durante os primeiros anos, a equipe de pessoas, liderada por Sebastián Fernández Silva, que ainda lidera a mesma equipe, embora muito maior, trabalhou com o Great Place to Work para garantir que o pessoal tivesse a experiência que eles tinham almejado, e os resultados mostraram que eles estavam no topo das melhores empresas para trabalhar na Argentina.

Depois dessa experiência, eles se concentraram em se expandir em toda a região, e o esforço de negócios e foco nas pessoas valeram a pena: a empresa é líder na ferramenta de comércio on-line no Brasil, Colômbia, México e Peru. O próximo objetivo para eles era fazer parte da NASDAQ, e no mesmo ano que eles se tornaram a empresa número 1 na Argentina, onde está sua matriz, eles também entraram na NASDAQ100.

Tudo depende da confiança

Por 30 anos, analisamos as culturas da empresa em todo o mundo e, independentemente do setor, tamanho ou país, um elemento essencial das melhores empresas se resume a isto: confiança. Quando as pessoas confiam em seus líderes e colegas, a inovação aumenta e o sucesso financeiro perdura.

A DHL sabe que construir confiança é uma via de mão dupla e se esforça para capacitar os funcionários a fazerem o melhor trabalho, mantendo transparência e acessibilidade na liderança. Um funcionário nos Emirados Árabes Unidos observa: “Esta é uma empresa que realmente empodera seus funcionários em todos os níveis. As vozes dos funcionários são 101% ouvidas. As pessoas no topo são muito acessíveis, abertas a sugestões e 101% dispostas a ajudar sempre que precisar delas.”

Funcionários da DHL elevam a barra por confiança.
Funcionários da DHL elevam a barra por confiança.

 

A confiança é tão importante para a empresa número 1 deste ano, a Salesforce, que é um dos seus principais valores. Esses valores não são apenas palavras ou cartazes na parede, eles são vividos todos os dias, modelados por líderes seniores e compartilhados por todos os funcionários. Um membro da equipe nos Estados Unidos expressa como os valores permeiam os negócios: “Nossos valores centrais são confiança, crescimento, inovação e igualdade. Há um enorme foco em cada um deles e começa com a crença da liderança sênior de que cada funcionário é um membro da família ou, como dizemos, ‘Ohana’, que é um conceito havaiano para a família inclusiva (mais do que apenas relações de sangue). Todos são bem-vindos na Salesforce.”

As melhores do mundo continuam dobrando a curva, agora e para o futuro

Parabéns às 25 empresas extraordinárias que figuraram na lista das Melhores Empresas para Trabalhar do Mundo 2018. Essas organizações nos inspiram a fazer melhor para as nossas pessoas, melhor para os nossos negócios, e melhor para o mundo.

Saiba mais sobre os vencedores deste ano aqui e também no vídeo.

Deixe seu Comentário

Conteúdos Relacionados

Assine a newsletter do GPTW

e fique por dentro das nossas novidades

Inscreva-se