Por: Editor GPTW

Por: Editor GPTW

10 novembro, 2020 • 12:57

Essa dupla de palavras não é exatamente nova – mesmo quem não atua no departamento de Recursos Humanos já deve ter esbarrado com o conceito de RH Ágil em algum momento. Porém, não é porque um termo é repetido a exaustão que necessariamente entendemos o seu significado, sua aplicação, seu impacto.

Originário do mundo da tecnologia, o movimento ágil começou a entrar em cena também na gestão de pessoas nos últimos anos. Em 2018, a prestigiada revista de negócios Harvard Business Review publicou um artigo intitulado “HR goes agile” (“O RH se torna ágil”, em tradução livre para o português), em que os acadêmicos Anna Tavis, da New York University, e Peter Cappelli, da Wharton School, explicam que, naquele momento, os profissionais da área estavam em uma modalidade mais “light” do que viria a ser o RH Ágil, “aplicando os princípios gerais sem adotar todas as ferramentas e protocolos do mundo da tecnologia”. Eles explicam que o movimento agilista já estava sendo largamente empregado na área de gestão de performance, mas que outros processo de RH começavam a se transformar nesse sentido.

No Brasil, essa mudança de perfil do RH também é percebida e, mais do que isso, demandada. Aliás, logo no começo da pandemia, muito se falou do papel estratégico da área e de como ela poderia encabeçar uma grande transformação na empresa.

Justamente por acreditar no papel transformador da gestão de pessoas e, portanto, entender a necessidade de mudança do perfil dos líderes de Recursos Humanos, o Great Place to Work, em parceria com a HSM, lançou o programa de formação RH Ágil 2020. Desenhado especialmente para que os gestores de RH possam liderar a transformação em suas organizações, este programa conta com metodologias ágeis e mundialmente comprovadas, desenvolvendo líderes com um olhar inovador e prático.

Enquanto você aguarda o programa começar, aproveite para conferir os conteúdos que separamos para você já ir aprendendo mais sobre a transformação do RH nos últimos tempos, seus desafios e suas demandas neste mundo ágil:

Por que esta é a hora do RH estratégico?

5 mudanças no RH: como ser digital sem perder a essência

Mindset digital: 5 dicas para transformar a mentalidade da liderança

Como usar OKRs para avaliar o alcance de metas da sua empresa

 

Crédito da imagem: Phone photo created by pressfoto – www.freepik.com

Deixe seu Comentário

Conteúdos Relacionados

Assine a newsletter do GPTW

e fique por dentro das nossas novidades

Inscreva-se