Por: GPTW em parceria com Youleader Brasil

Por: GPTW em parceria com Youleader Brasil

18 agosto, 2021 • 1:58

O desenvolvimento da liderança do futuro se baseia na necessidade de preparação dos gestores para se adaptar às mudanças. Os principais desafios estão associados à transformação digital e gestão de equipes formadas por gerações de comportamentos diversos.

Como além do conhecimento técnico, existe o fator humano, é fundamental investir no aprimoramento das hard skills e soft skills. Um líder completo é aquele que sabe lidar com as oscilações do mercado, conflitos interpessoais e problemas complexos.

Neste post trazemos o conceito de liderança do futuro e o que esperar desse tipo de perfil. Continue lendo e saiba como o RH pode formar o líder do futuro dentro das empresas!

O que é a liderança do futuro?

A mudança do mercado e do comportamento das pessoas obrigou as empresas a repensarem a atuação e o perfil dos seus líderes. Nesse contexto, a liderança do futuro será muito mais do que gerenciar projetos e equipes.

Com a evolução tecnológica e automatização dos processos, a tomada de decisão passou a se basear em dados e não apenas em achismos. Para acompanhar e manter a competitividade da empresa, as lideranças estão passando por uma mudança de mindset.

O que esperar do perfil de um líder do futuro?

A liderança do futuro requer habilidades e competências diferenciadas, dentre elas, a capacidade de inovação e criatividade. Além disso, a flexibilidade e o senso colaborativo são elementos-chave que definem o perfil de um líder com visão de futuro.

Algumas características são imprescindíveis para garantir uma gestão mais eficiente, focada em alcançar os objetivos e resultados almejados pela empresa. Conheça as habilidades e competências mais importantes no perfil de liderança do futuro!

Inteligência emocional

Se no passado o controle emocional era essencial no comportamento de um líder, no futuro essa será uma habilidade ainda mais necessária. Seja para lidar com os momentos de pressão ou mediar conflitos, a inteligência emocional possibilita melhor gerenciamento das próprias emoções, assim como os da equipe.

Diante das adversidades do mercado e investidas da concorrência, as crises internas serão mais bem administradas. Um líder inteligente está aberto ao diálogo e permite que a equipe colabore com sugestões e propostas de resolução de problemas.

Reconhecimento dos próprios limites e falhas

O fato de ocupar um cargo de liderança não exime um profissional de limitações e falhas. Pelo contrário, reconhecer o próprio erro demonstra que até mesmo alguém em posição superior está passível a deslizes e que a equipe não precisa ter medo.

Esse pode ser, inclusive, um exercício mútuo de empatia que fortalece o relacionamento da liderança com suas equipes, facilitando a comunicação, sobretudo, caso algo ocorra diferente do que foi planejado.

Gestão humanizada e descentralizada

Sendo o capital humano um bem tão precioso para a empresa, a liderança do futuro deve gerenciar as pessoas de forma humanizada, além de priorizar e valorizar as habilidades e competências individuais, no intuito de reter os melhores talentos.

Caso contrário, os profissionais terão dificuldades de se sentirem pertencentes à empresa, o que compromete a fidelização. É importante delegar as demandas e dar autonomia para que a equipe trabalhe com um nível maior de liberdade para alcançar os resultados.

Cultura data driven

Como dissemos, se antes as decisões eram tomadas por insight ou conforme o conhecimento técnico-operacional dos líderes, no futuro, os dados serão a principal fonte de informações.

A cultura data driven, orientada por dados, incorpora a análise preditiva, gerada pelos indicadores e métricas que ajudam a identificar os pontos fortes e fracos do negócio — lideranças que se pautam em informações confiáveis, têm mais chances de sucesso.

Respeito à diversidade

As equipes diversas trazem melhores resultados! Essa é uma constatação fundamentada na cultura da diversidade e inclusão. Um time formado por pessoas talentosas com características, culturas e personalidades distintas, tendem a se reunir com um objetivo único — contribuir com conhecimento e ideias.

O princípio da igualdade, nesse contexto, pode estar exatamente nas diferenças que se somam e unificam o potencial de sucesso de um negócio. O líder que enxerga além do óbvio e respeita a diversidade está um passo à frente, pois concentra em sua base de talentos, profissionais valorizados por suas competências e não por suas particularidades ou escolhas.

Capacidade de identificar oportunidades e inovar

Ainda considerando a tomada de decisão baseada em dados, o acesso rápido a informações, estatísticas e performances facilitará a identificação de oportunidades. Com isso, a capacidade de inovação será um diferencial competitivo importante.

Um líder com perfil inovador é criativo e participativo, disposto a envolver a equipe e valorizar as habilidades de cada um para juntos, encontrar os meios mais eficientes de aumentar a produtividade e levar a empresa a um lugar de referência no mercado.

Saber delegar

Já foi o tempo da liderança centralizada com perfil de chefia no estilo “eu mando e a equipe obedece”. O líder do futuro deve se sentir confortável em trabalhar com um time sem vigilância, afinal, o profissional competente e engajado, sabe bem como executar suas atividades.

Caberá à liderança apenas se colocar disponível para dar suporte ou tirar dúvidas em casos específicos. Ao delegar tarefas e deixar que a equipe conduza o trabalho, sobrará mais tempo para se dedicar ao core business da empresa.

Inspirar a equipe a vestir a camisa da marca

Uma liderança que se preocupa verdadeiramente com a equipe, valoriza cada um dos seus colaboradores e incentiva o desenvolvimento para crescer na carreira — esse é o comportamento que se espera do líder do futuro.

Em um ambiente colaborativo, de respeito coletivo e estímulo ao crescimento, certamente estarão reunidas as pessoas que se inspiram na liderança, têm orgulho de pertencer à empresa em que trabalham e fazem questão de construir uma referência de marca empregadora.

Como o RH pode desenvolver esse tipo de liderança dentro das empresas?

O papel do RH na formação da liderança do futuro é essencial e decisivo, considerando o fato de que a área também está passando por mudanças. Da atuação tradicional – burocrática e operacional — o RH passa a ter um perfil mediador e estratégico.

Se antes, a função do setor se resumia a cuidar da documentação dos colaboradores e dar andamento ao processo de recrutamento e seleção, agora, o RH é responsável por dar apoio total às lideranças para melhor gerenciamento de suas equipes.

Portanto, o desenvolvimento contínuo é o ponto determinante da formação de um líder do futuro. É preciso mapear as habilidades e competências existentes para identificar o que precisa ser melhorado ou incorporado no novo perfil de liderança.

Os métodos de treinamento e aprendizagem devem incluir todos os aspectos e características consideradas importantes na liderança. Portanto, as habilidades de comunicação, relacionamento e capacidade de delegação devem ser exploradas ao máximo.

Além disso, o entendimento da necessidade de adaptar a gestão de pessoas ao uso de ferramentas e conceitos inovadores, potencializa uma liderança humanizada. Se os líderes estiverem preparados para lidar com a imprevisibilidade do mercado, passarão segurança a seus liderados, mesmo diante do inesperado.

Em formação, os líderes precisam entender e reconhecer suas limitações para enxergar as oportunidades de melhoria, pessoal e profissional. Se abrir para o novo traz um mundo de possibilidades e a liderança do futuro diz respeito a criar um ambiente próspero de trabalho, que favoreça o crescimento, tanto dos profissionais, quanto da empresa.

Gostou do post? Aproveite a visita para fazer o download do relatório anual “ Empresas do Futuro” elaborado pelo GPTW, sobre as previsões futuras do trabalho e se as empresas estão no caminho certo para se adaptarem aos novos modelos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1 comentário

Conteúdos Relacionados

Assine a newsletter do GPTW

e fique por dentro das nossas novidades

Inscreva-se