Por: Redação GPTW

Por: Redação GPTW

20 dezembro, 2021 • 2:09

O estudo “2021 Global Employee Engagement Benchmark” revela o atual cenário global de engajamento de colaboradores.

Excelentes ambientes de trabalho estão em baixa ao redor do mundo. Segundo o novo estudo do Great Place to Work, funcionários em todo o mundo estão tendo uma experiência persistente de falta de confiança, propósito e conexão no trabalho. 

“Essas experiências são, infelizmente, familiares para muitos colaboradores”, afirma Michael C. Bush, CEO do Great Place to Work. “Além disso, estão prejudicando as empresas nos quesitos agilidade, inovação e performance.” 

O nosso estudo “2021 Global Employee Engagement Benchmark” revelou a situação dos ambientes de trabalho globalmente. Realizada durante o verão de 2021 — que, nos Estados Unidos, é o período entre junho e agosto —, o estudo analisou mais de 14 mil pessoas de 37 países para compreender como está sendo a experiência dos colaboradores ao redor do mundo. 

Metodologia 

Os colaboradores avaliaram seus ambientes de trabalho segundo as 17 afirmativas da pesquisa Trust Index© do Great Place to Work. Essas afirmativas medem fatores que contribuem para uma experiência positiva dos funcionários, como senso de propósito, oportunidades de inovação, segurança emocional, percepção da liderança e justiça. 

Índice de engajamento de colaboradores em 37 países 

O nosso estudo apontou que apenas cerca de metade dos colaboradores ao redor do mundo estão experienciando excelentes lugares para trabalhar, com pequenas variações dependendo da região. 

Na América Latina, onde há a maior pontuação, apenas 60% dos funcionários reportaram uma experiência positiva. Na Europa, onde a pontuação foi a menor, apenas 52% das pessoas afirmaram ter uma experiência positiva enquanto colaboradoras. 

Algumas diferenças emergiram também entre os segmentos, exceto na hotelaria, onde a média geral da experiência dos colaboradores permanece em 49%. Em todos os outros setores considerados no nosso estudo, a média está entre 54% e 60%. 

4 desafios que estão prejudicando a experiência dos colaboradores nas empresas 

Por que excelentes lugares para trabalhar são tão raros? O estudo revela quatro desafios comuns entre a maioria dos ambientes de trabalho hoje: 

1. Equidade

Mais de metade dos colaboradores sentem que a remuneração e as promoções são realizadas de forma injusta. 

2. Conexões significativas

Uma quantidade significativa de colaboradores reportou uma falta generalizada de conexões pessoais e segurança psicológica: 

  • 43% acreditam que os colegas não ligam uns para os outros; 
  • 35% afirmam sentir que, no trabalho, não podem ser como realmente são; 
  • 45% dizem que seus ambientes de trabalho não são psicológica e emocionalmente saudáveis.

3. Propósito

 Uma grande porcentagem das pessoas respondentes também afirmou que seus trabalhos não têm um propósito ou não sentem que fazem a diferença, um sinal claro de que os colaboradores ainda estão batalhando para experimentar um senso de propósito em seus trabalhos. 

4. Liderança

Por fim, quase metade das pessoas entrevistadas afirmou ter uma relação fraca ou pobre com suas lideranças, sendo que cerca de metade delas indicou que suas lideranças

  • Não se importam com elas como pessoas; 
  • Não as envolvem nas decisões; 
  • Não agem de forma coerente com suas palavras. 

Esses desafios mostram que as companhias estão desperdiçando o potencial das pessoas. Em ambientes de trabalho comuns ao redor de todo o mundo, uma experiência ruim dos colaboradores prejudica a habilidade das organizações de se beneficiarem de novas oportunidades do mercado e se destacarem de seus concorrentes. 

O alto custo de uma experiência negativa dos colaboradores 

A maioria das empresas vai enfrentar dificuldades para garantir a permanência de seus talentos, considerando que quase metade dos colaboradores afirmaram que não pretendem continuar em seus trabalhos atuais.

As organizações também enfrentam um desafio para atrair novos talentos, com quase metade dos funcionários demonstrando desinteresse em recomendar suas empresas. Entre os colaboradores que permanecem, 2 em cada 5 indicam que as experiências negativas no trabalho afetam sua capacidade de contribuir para a inovação. 

Enquanto excelentes lugares para trabalhar são raros, as organizações premiadas nos rankings Great Place to Work® mostram suas possibilidades e potenciais. Funcionários dessas excelentes empresas em todo o mundo reportam experiências positivas consistentes de liderança, propósito no trabalho e conexões significativas com colegas. 

Como resultado, esses ambientes de trabalho se beneficiam de: 

  • níveis 52% mais altos de desejo de permanência; 
  • 65% a mais de funcionários inclinados a recomendar suas empresas para outras pessoas. 

“É um fato que o último ano foi inacreditavelmente desafiador para as pessoas dentro e fora do trabalho,” afirma Bush.

“As Melhores Empresas para Trabalhar mostram o poder que as organizações têm de impactar positivamente as vidas de seus funcionários, não importa onde eles trabalham, quem eles são ou quais desafios enfrentamos enquanto uma comunidade global.” 

Quer entender como está a percepção dos colaboradores da sua empresa? 

Saiba como aplicar a pesquisa do Great Place to Work Brasil e avalie a experiência das pessoas da sua organização! 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Conteúdos Relacionados

Assine a newsletter do GPTW

e fique por dentro das nossas novidades

Inscreva-se