Por: Anna Oliveira

Por: Anna Oliveira

12 dezembro, 2018 • 5:54

Apesar de atuar fortemente como consultoria voltada para a gestão do clima organizacional, o Great Place To Work é reconhecido principalmente pelos rankings que elegem as melhores empresas para trabalhar. Hoje, são publicados anualmente mais de 40 rankings, premiando as organizações em âmbito nacional, regional, setorial (como a lista das melhores no setor de TI) e temático (como a lista das Melhores Empresas para Mulheres).

Para compor essas listas que elencam os destaques em cada uma das categorias, a quantidade de posições no ranking é definida previamente. No ranking nacional, por exemplo, são 150 posições disputadas entre mais de 2.000 empresas inscritas. Já a nota de corte pode variar a cada edição, já que ela é uma média ponderada dos seguintes elementos: pesquisa com funcionários (56% do peso da nota), perguntas abertas da pesquisa (11% do peso) e práticas de RH (33% do peso).

Na prática, isso significa que:

– Apenas empresas que passaram pelo processo de pesquisa de clima organizacional podem concorrer a um ranking. Afinal, a nota da pesquisa é um dos elementos a ser considerado na avaliação do ranking;
– Apenas empresa que preencheram o relatório de práticas de RH e o relatório com informações quantitativas (número de funcionários, número de gestores etc) podem se inscrever no processo de um ranking. Ou seja, não basta fazer a pesquisa de clima, é necessário fornecer esses dois documentos;
– Apenas empresas que se inscreveram no ranking podem concorrer a uma posição. Por isso, é necessário ficar de olho no calendário de rankings.

Vale lembrar que se inscrever em um ranking não é garantia de um lugar na lista. Assegurar um posicionamento depende de um elemento importante: o resultado da pesquisa de clima (56% do peso da nota). E este processo de pesquisa é chamado no GPTW de Programa de Certificação.

Então, Programa de Certificação é o mesmo que pesquisa de clima?

Sim! O Programa de Certificação é um serviço que permite empresas de qualquer porte realizarem uma pesquisa online para diagnosticar o seu clima organizacional. Ou seja, é um instrumento para analisar o nível de satisfação dos funcionários em relação ao ambiente de trabalho e que, ao final da pesquisa, concede uma certificação à organização que atingiu a amostra mínima de respondentes uma nota igual ou superior a 70.

Resumindo, o produto final do Programa de Certificação é um relatório com os resultados da pesquisa e, no caso das empresas que atingiram os critérios, um selo de qualidade. Selo este que atesta uma companhia como um excelente lugar para trabalhar, assim como as estrelas Michelin reconhecem a qualidade gastronômica de um restaurante e a ISO 9001 garante a qualidade de gestão de uma empresa.

Então, enquanto o objetivo de quem se inscreve no ranking é conseguir um lugar de destaque em uma lista das melhores empresas para trabalhar, o objetivo de quem participa do Programa de Certificação é conseguir um selo de qualidade. E, sim, estamos falando de um selo mesmo, um selo digital como o da imagem abaixo e que a empresa pode usar no seu site institucional, na assinatura de e-mail corporativo e banners, por exemplo, para mostrar para os funcionários e para o mercado o reconhecimento como um excelente ambiente de trabalho.

BADGE CERTIFICAÇÃO ANUAL

A certificação e a posição no ranking valem para sempre?

Tanto o selo da certificação quanto o posicionamento do ranking valem pelo período de 12 meses. Ou seja, após receber o selo do Programa de Certificação, a sua empresa pode utilizar esse reconhecimento por um ano. Após esse período, é necessário passar por uma nova avaliação para renovar o selo.

Da mesma forma, a posição em um dos rankings do GPTW não é fixa. Se uma empresa quer configurar na lista das 150 Melhores Empresas para Trabalhar, divulgada pela revista Época NEGÓCIOS, todo ano ela deve se inscrever no processo do ranking.

Por que preciso passar por todo o processo de novo?

Bem, assim como o cenário político, econômico, social e cultural de um país muda constantemente, o cenário de uma empresa também passa por transformações. Muito provavelmente, a empresa na qual você trabalha atualmente não é a mesma da data de fundação.

Na verdade, nem precisamos olhar tão longe assim! Organizações corporativas passam por mudanças frequentemente e a realidade de um ano não costuma ser a mesma da do período seguinte. Isso porque funcionários entram e saem, promoções acontecem, gestores vão para outras equipes, o RH inicia novas práticas e por aí vai.

Sendo assim, é importante que as empresas passem por auto-avaliações (as pesquisas de clima) com frequência. Só assim um selo de qualidade de ambiente de trabalho será fidedigno e só assim um ranking irá elencar os destaques de maneira coerente com a realidade.

Preciso pagar para entrar no ranking?

Não — e é importantíssimo reforçar que as posições no ranking não estão à venda. A composição da lista das melhores empresas baseia-se única e exclusivamente na média ponderada da pesquisa com funcionários, perguntas abertas da pesquisa e práticas culturais. Fatores como a participação anterior em um ranking, porte da empresa, força da marca no mercado ou qualquer outro elemento fora dos três citados anteriormente não influenciam no posicionamento no ranking.

Já a participação no Programa de Certificação é cobrada. Porém, atenção: a empresa paga pelo uso da ferramenta online da pesquisa de clima organizacional, e não para obter um selo. Ou seja, o valor dos planos do Programa de Certificação (são três opções) se refere:

– Ao uso da ferramenta de pesquisa;
– O recebimento do relatório de resultados.

Isso significa que, se a empresa não alcançar a nota mínima ao final do processo, ela não receberá o selo — porque esse item não está à venda. Nesse caso, ela também não pode se inscrever em um dos rankings do GPTW.

A ideia é que o Programa de Certificação seja uma ferramenta de análise do clima organizacional, de identificação de pontos fortes e de entendimento dos pontos a serem aprimorados, além de um instrumento de melhoria contínua. Isso porque, ao receber o relatório do Programa de Certificação, a liderança da empresa terá em mãos um material para auxiliá-la na jornada de construir um excelente ambiente de trabalho e de ser reconhecida no mercado por isso.

Se você ainda tem dúvidas acerca da pesquisa de clima, confira os conteúdos abaixo:

+ 7 maneiras de utilizar uma pesquisa de clima
+ Breve manual para ser um bom ambiente de trabalho
+ Conheça a metodologia de pesquisa do GPTW

Deixe seu Comentário

Conteúdos Relacionados

Assine a newsletter do GPTW

e fique por dentro das nossas novidades

Inscreva-se