Por: Editor GPTW

Por: Editor GPTW

26 outubro, 2020 • 3:53

No primeiro artigo sobre a edição de 2020 do ranking As 150 Melhores Empresas para Trabalhar no Brasil, falamos que um dos destaques destas empresas era a capacidade de inovação. Para quem não lembra, destacamos que, em média, cada empresa no ranking recebeu 1.334 sugestões de funcionários. Desse total, 58% das ideias dadas pelos colaboradores foram colocadas em prática, o que gerou um ganho de R$ 207 mi por empresa.

Esse tipo de resultado depende de vários fatores, como um ambiente de confiança no qual as pessoas tenham autonomia para trabalhar e se sintam seguras para serem elas mesmas. Também depende de uma boa comunicação, que envolve a prática da fala empática e da escuta ativa. Além disso tudo, existe uma questão, digamos, mais prática. Para receber sugestões dos colaboradores a empresa precisa de uma ferramenta, um programa, enfim, um meio para coletar todas essas ideias.

Os formatos são variados, mas a finalidade é a mesma: criar um espaço para coletar boas sugestões. Isso, aliás, gera benefícios não só para a empresa, bem como para o próprio funcionário. Neste artigo aqui, enumeramos algumas dicas para ajudar o líder a mostrar o quanto ele valoriza os membros da sua equipe – e uma das formas de valorizar as pessoas é se mostrando aberto para as suas ideias.

5 formas de coletar boas ideias

Para ajudar aquelas empresas que querem começar essa prática internamente, reunimos algumas boas práticas das grandes premiadas nas três categorias do ranking das 150 melhores. Caterpillar, Microsoft e Radix ficaram em primeiro lugar, respectivamente, nas categorias de empresas de grande porte, multinacionais e nacionais de médio porte.

Abaixo, confira como elas estão fomentando a inovação por meio da coleta de sugestões.

CATERPILLAR

Na multinacional que fabrica máquinas, motores e veículos pesados, existe um canal onde qualquer colaborador pode registrar uma ideia ou sugestão de melhoria. Após o registro, a área responsável pelo processo irá avaliar se é viável ou não a implementação da sugestão. O feedback deve acontecer em até 30 dias – no caso da implementação ser inviável, essa área encarregada das avaliações deve explicar o motivo.

Como boas ideias surgem também em grupo, vale destacar que, nesta prática, os colaboradores ainda têm a opção de visualizar outras sugestões cadastradas no canal e fazer contribuições! O resultado disso é que, em 2019, foram abertos 20.780 cartões de ideias nas unidades de Piracicaba e Campo Largo.

MICROSOFT

Em 2015, aconteceu a primeira happy hour com a presidente da empresa de tecnologia e, desde então, esses encontros servem como “termômetro organizacional”, além de seleiro de sugestões e feedbacks. O objetivo da iniciativa é aproximar a comunicação e ouvir sugestões dos colaboradores, afinal, boas ideias também podem surgir de uma conversa mais descontraída!

Outro formato utilizado pela Microsoft é o de encontros mensais com Tânia Cosentino, presidente da Microsoft Brasil. No evento chamado de “All Hands”, são abordadas pautas relativas à cultura da empresa e diversidade, além de atualizações de negócio e de diversas áreas. Todos os funcionários e estagiários são convidados a participar, o que promove a aproximação entre a liderança e os diversos times na organização, facilita a comunicação da estratégia e reconhecimento de resultados, reforça as mensagens da liderança, fortalece a cultura organizacional e ajuda a fomentar novas ideias. Isso porque, em todos os encontros, é reservado um tempo exclusivamente dedicado para os participantes tirarem suas dúvidas e encaminharem sugestões.

RADIX

Há três anos, existe o programa “Fechou, Ganhou”, que estimula os colaboradores a encontrarem novas oportunidades de negócio com novos clientes. Em apenas um ano, as ideias recebidas que evoluíram para projetos geraram mais de 10 milhões de reais de negócios. Mesmo três anos depois de seu lançamento, o projeto continua recebendo indicações: em 2019, foram 17 projetos indicados e quatro viram contratos, gerando novas premiações.

Os radixianos com as ideias vencedores ganharam viagens internacionais ou nacionais, a depender do valor do projeto fechado, com direito a acompanhante. O programa é válido por tempo indeterminado e, para participar, o radixiano só precisa enviar um e-mail, seguindo as regras específicas no edital do programa.

Em tempos de covid-19, uma nova funcionalidade chamada de “Gestão da Inovação e Ideias” está sendo desenhada. Este recurso permitirá o lançamento de novos desafios, estimulando o envio de ideias inovadoras para problemas ou oportunidades reais do negócio, possibilitando interação por meio de comentários e curtidas nas boas ideias enviadas.

 

Crédito da imagem: Business photo created by jannoon028 – www.freepik.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Conteúdos Relacionados

Assine a newsletter do GPTW

e fique por dentro das nossas novidades

Inscreva-se