Por: GPTW

Por: GPTW

31 agosto, 2021 • 11:53

A formação de equipes de alta performance requer um planejamento eficiente das ações que serão adotadas no desenvolvimento das habilidades e competências individuais para montar o time dos sonhos.

Um excelente desempenho profissional estimula a produtividade e potencializa melhores resultados. Com isso, o RH surge como um importante aliado tanto da empresa, quanto dos colaboradores, para conectar objetivos e necessidades.

Qual a importância e as principais características de uma equipe de alta performance? Continue neste post e veja como o RH pode ajudar a formar esse tipo de equipe e quais os benefícios sua empresa pode ter com o talento elevado do seu time!

Por que formar equipes de alta performance é tão importante para as empresas?

A competitividade do mercado requer das empresas ações e estratégias diferenciadas para destacar seu negócio. Para alcançar os resultados propostos e se manter em vantagem é essencial contar com um time qualificado.

Quanto melhor o desempenho dos colaboradores, maiores as chances de aumentar a produtividade e, consequentemente, o lucro. Para isso, o trabalho em equipe exige eficiência, mas, acima de tudo, alinhamento em torno de um mesmo objetivo — o sucesso da empresa.

O desafio de chegar a esse nível de excelência é o que deve manter gestores e RH atentos à qualidade do ambiente de trabalho e a satisfação pessoal de cada indivíduo. Em um clima organizacional favorável ao crescimento e desenvolvimento a tendência é que a equipe se sinta mais engajada e pertencente.

Quais são as principais características de uma equipe com excelente desempenho?

Em um time de alta performance a proatividade e o desejo de fazer excelentes entregas são características que evidenciam sua capacidade de execução de projetos e tarefas complexas.

De modo geral, sua atuação tem autonomia e personalidade, fundamentados por um propósito e fruto de uma relação de confiança mútua e consciência da importância do papel que cada um tem dentro da empresa.

O dinamismo e a flexibilidade são também pontos fortes em uma equipe de alta performance, que está sempre em busca de boas alternativas para realizar um trabalho — a rotina costuma ser intensa, entretanto todos têm prazer em contribuir com o melhor das suas habilidades.

Como o RH pode ajudar a aumentar a performance das equipes?

O RH está cada vez mais estratégico, sendo peça chave na formação de equipes de alta performance. Sua responsabilidade começa na contratação, ou seja, na análise de perfil técnico e comportamental dos talentos.

Já nas primeiras etapas do processo de recrutamento e seleção é essencial que a equipe de RH consiga identificar os pontos fortes e fracos dos candidatos. Com a profundidade das análises é possível enxergar os talentos que podem se conectar mais facilmente à cultura da empresa.

Esse fit cultural tem grande relevância, já que para investir no desenvolvimento de um talento é importante que ele demonstre o interesse de trabalhar e crescer na empresa. Cabe ao RH reconhecer os elementos de convergência entre os valores da empresa e dos candidatos.

Para as equipes ativas, o RH tem igual importância, sobretudo, no suporte às lideranças no levantamento de necessidades de desenvolvimento individual. Assim, cada profissional precisa saber onde pode e deve melhorar sua performance.

A base de uma equipe de alta performance está em aproveitar o que há de melhor em competências e habilidades de cada talento para fortalecer o trabalho do grupo. O RH tem a missão de ajudar os profissionais a enxergarem suas deficiências e potencialidades.

Quais benefícios uma equipe de alta performance proporciona às empresas?

As equipes de alta performance se diferenciam pelo trabalho consistente, coletivo e engajado. Todos se comprometem para que a empresa alcance os melhores resultados, o que traz benefícios de médio e longo prazo.

Aumento de produtividade

Se a equipe tem liberdade de comunicação e expressão, relacionamento próximo com as lideranças e um ambiente favorável ao desenvolvimento e crescimento, certamente terá um desempenho mais elevado.

Com isso, o aumento da produtividade é uma consequência natural, considerando que as pessoas se sentem motivadas, o que faz com que se dediquem mais às suas atividades — times produtivos não se detém em problema, focando essencialmente nas soluções.

Aumento dos lucros

Se a produtividade aumenta em função das entregas de uma equipe de alta performance, a tendência é que a empresa tenha maior lucro nos resultados. Cada um sabe a responsabilidade que tem nos projetos e demandas, dedicando tempo e esforços para alcançar as metas propostas.

Redução do turnover

Quando um talento se sente valorizado e consegue enxergar oportunidades de crescimento e desenvolvimento na empresa em que atua, dificilmente terá olhos para o mercado em busca de novas oportunidades.

Com isso, as taxas de retenção aumentam e as de turnover caem, o que é bom para a empresa. A formação de equipes de alta performance leva tempo e dinheiro, portanto, quanto mais benefícios, se tratando de desafios e oportunidades, menor será a rotatividade.

Visão mais estratégica

Ter um grupo talentoso, hábil e competente, que se auto direciona, possibilita à gestão e ao RH, uma visão mais estratégica e macro dos processos. Sem a necessidade de se preocupar excessivamente com a capacidade técnica e comportamental dos colaboradores, então sobra tempo para visualizar e analisar a empresa como um todo.

Fortalecimento das lideranças

Os líderes são os que mais se beneficiam em ter uma equipe de alta performance, a julgar pelo perfil proativo dos talentos.

A relação de confiança e autonomia prevalece e os gestores se sentem mais confortáveis para delegar e atribuir tarefas sem se preocuparem com conflitos ou comportamentos inadequados.

Maturidade

O autogerenciamento concebe à equipe um grau maior de maturidade, uma vez que os talentos não precisam de vigilância e monitoramento constante das lideranças. São pessoas que estão na empresa unidas por um propósito e sabem o quanto têm a ganhar com seu alto desempenho.

Como montar uma equipe de alta performance?

Para desenvolver e montar uma equipe de alta performance é preciso, sobretudo, entender o momento da empresa. Isso quer dizer, que o RH, junto com a gestão precisa identificar o que a companhia tem a oferecer a seus talentos para almejar uma equipe com desempenho elevado.

Separamos algumas dicas de como construir um time de alta performance!

Desenvolvimento das lideranças

Sem uma liderança flexível e aberta ao diálogo, dificilmente a empresa terá uma equipe de alta performance, por isso, é fundamental investir em seu desenvolvimento. Os líderes devem entender a importância de dar autonomia e confiar em seu time para, em contrapartida, contar com colaboradores fiéis e parceiros.

Comunicação clara e objetiva

A transparência na comunicação é primordial para uniformizar e padronizar a informação dentro da empresa. Eliminar os ruídos e estabelecer canais institucionais de comunicação com os colaboradores estimulam uma troca saudável e efetiva sobre o trabalho.

Benefícios diferenciados

Embora ter um bom salário, planos de saúde e odontológico e ajuda de custo seja importante, os profissionais de alta performance priorizam outros benefícios. Dessa forma, a empresa que deseja ter em seu time profissionais comprometidos deve pensar em compensações mais atrativas.

A flexibilidade de horário, o trabalho home office, a folga no aniversário, entre outros, são alguns benefícios que a empresa pode implementar para manter seu time ainda mais motivado a produzir com excelência para que os resultados sejam favoráveis.

Treinamentos e capacitação

O treinamento, tanto para as lideranças, quanto para as equipes é essencial para fortalecimento dos pontos fortes e aprimoramento dos pontos fracos. Ao investir na capacitação dos talentos, a empresa possibilita maior aprendizado, o que será devolvido em excelência na rotina diária.

A capacitação é um potente instrumento de incentivo ao crescimento e melhoria das habilidades. É também um meio de valorizar os talentos da empresa, mostrando o quanto é importante que eles tenham a oportunidade de aumentar seu nível de conhecimento para, inclusive, almejar melhores posições no futuro.

Feedbacks contínuos

Os talentos precisam saber quando estão acertando ou errando, para continuar um bom trabalho ou corrigir alguma falha, logo, o feedback contínuo é uma ação importante na construção de equipes de alta performance.

Não adianta esperar ou cobrar resultados de uma equipe que não sabe o que a empresa espera do seu desempenho. Por isso, os retornos, sem data ou motivação previstas, ajudam a manter a comunicação ativa e os colaboradores cientes das responsabilidades junto à equipe.

Em todos os aspectos que envolvem os talentos, seu engajamento e motivação, o RH tem um papel relevante. Com um trabalho consistente de entendimento das necessidades da empresa é que a equipe terá condições de ajudar a recrutar e manter os melhores talentos.

A formação de equipes de alta performance não acontece da noite para o dia, ou seja, é uma construção estratégica que une interesses, valores e objetivos, sendo o RH um pilar de mudanças e melhorias, além de suporte à gestão e aos colaboradores.
Gostou do post? Que tal aproveitar a visita para conhecer as melhores práticas para atração e retenção de talentos para sua empresa!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Conteúdos Relacionados

Assine a newsletter do GPTW

e fique por dentro das nossas novidades

Inscreva-se