Por: GPTW

Por: GPTW

8 junho, 2021 • 4:56

Desde que o RH deixou de ser um departamento burocrático e assumiu a responsabilidade pelo desenvolvimento do capital humano, surgiram uma série de desafios para os gestores. Um dos mais atuais é despertar o senso de pertencimento nas empresas, você sabe a importância desse tema?

Os sintomas que demonstram que é hora de pensar no senso de pertencimento podem ser vistos em muitos indicadores de RH, como: talentos saindo da empresa, baixo engajamento nas atividades e dificuldades de bem-estar no trabalho 

Quer saber mais? Então, continue lendo este conteúdo. Ao longo do texto, vamos tirar  o senso de pertencimento do papel com 6 dicas para desenvolver essa relação com os seus colaboradores. Não deixe de conferir!

O que é senso de pertencimento?

O sentimento de pertencimento é uma ligação psicológica entre colaborador e empresa, em que o funcionário se vê como parte de uma comunidade. Assim, a organização deixa de ser apenas outro lado de uma relação de serviços, tornando-se um grupo social cuja unidade e permanência fazem sentido para os seus membros.

Nessa comunidade, as pessoas criam vínculos de lealdade, respeito e confiança. Portanto, o grupo deixa de atender apenas às necessidades básicas, como obter o salário e passa a satisfazer os colaboradores de formas complexas, por exemplo realização pessoal e conquista da estima dos colegas.

Por isso, o sentimento de pertencimento traz inúmeros benefícios para as empresas, como:

  • fazer com que os talentos queiram permanecer na empresa;
  • transformar funcionários em defensores da organização;
  • engajar as pessoas para que se comprometam com os objetivos da empresa;
  • aumentar a satisfação das pessoas, influenciando o seu bem-estar.

Permanência de talentos

Para  reduzir os pedidos de demissão, o senso de pertencimento nas empresas integra a Employee Value Proposition (EVP), que corresponde à proposta de valor ao colaborador que uma empresa proporciona. 

Assim, além de salário e benefícios, podemos trazer a cultura e os valores organizacionais, gerando identificação para a oferta dirigida ao funcionário. 

Com isso, proporcionamos um melhor ambiente para as pessoas, o que impacta diretamente nos resultados do negócio e, consequentemente, torna a empresa mais competitiva

Engajamento dos colaboradores

Se a organização atende às necessidades mais complexas dos profissionais, eles estarão mais dispostos a investir suas competências e comprometimento na empresa. Com isso, se constrói a reciprocidade necessária para gerar a motivação e o orgulho de fazer parte.

Funcionários como promotores da empresa

Além disso, a empresa vai garantir que os profissionais continuem com uma atuação coesa, baseada em convergência de valores e interesses. Desse modo, tentarão fazer com que o grupo social não se desfaça ao longo do tempo.

Ambas as características se refletem no eNPS, pois os profissionais assumem uma postura de defender as organizações da qual se sentem parte. Logo, haverá um aumento dos promotores da empresa em relação aos neutros e detratores.

Bem-estar dos colaboradores

Com o bem-estar, os colaboradores veem mais significado no trabalho e contam com relações mais amistosas. Desse modo, o pertencimento influencia a sensação no trabalho, especialmente nos aspectos ligados à saúde mental e satisfação do colaborador.

Como construir o sentimento de pertencimento nas empresas?

O sentimento de pertencimento está ligado à capacidade da organização de satisfazer as necessidades e desejos dos colaboradores. Para isso, precisamos promover a estima entre colegas e empresa, bem como a autorrealização dos colaboradores. Confira 6 boas práticas!

Promova a participação dos colaboradores

Ter uma gestão mais democrática e ouvir os colaboradores é o primeiro passo. Com isso, demonstramos a importância das pessoas, suas demandas e ideias, para a organização. As formas de escutar os colaboradores são bastante variadas:

  • avaliação de desempenho do líder;
  • caixas de sugestão;
  • pesquisas de satisfação;
  • pesquisas de clima organizacional;
  • reuniões de equipe ou “one on one”.

Ademais, você deve ficar atento ao comportamento dos líderes. Quem está à frente do time é o contato imediato da administração com a equipe. Assim, se houver vínculo de confiança e lealdade, as pessoas podem estar mais dispostas a se abrir e sugerir melhorias para gestão.

Pratique o endomarketing

O marketing interno também é uma medida importante. Com ele, realizamos a comunicação com funcionários, adotando técnicas e estratégias para promover o envolvimento do colaborador com a organização. Veja alguns exemplos:

  • usar o storytelling para expressar a história da empresa de modo que as pessoas se identifiquem;
  • celebrar momentos importantes para o colaborador, como aniversários, promoções, datas comemorativas etc.;
  • fornecer brindes e materiais temáticos durante o onboarding;
  • fazer eventos para promover o senso de pertencimento e unidade na equipe.

Por isso, o endomarketing deve estar alinhado aos valores organizacionais. Afinal, quando a pessoa se vê representada pela empresa, as chances de desenvolver o sentimento de pertencimento naturalmente serão maiores. 

Desenvolva pessoas

Ter planos de desenvolvimento para os colaboradores é uma demonstração de consideração pelos objetivos individuais. Dessa forma, a empresa oferece a oportunidade de crescimento para o funcionário e humaniza a relação

O que é uma necessidade diferente dos recursos materiais e financeiros. Ademais, para reforçar o desenvolvimento, use recrutamentos internos e planos de sucessão, valorizando os colaboradores diante de oportunidades. 

Promova mudanças nos benefícios

Outra medida para construir a reciprocidade é apostar em benefícios adequados aos desejos e necessidades dos colaboradores.Você pode até adotar o modelo de benefícios flexíveis, em que os profissionais escolhem entre diversas opções como será o seu pacote.

Com esses cuidados, demonstramos que os interesses são considerados nas políticas da empresa, em vez de vir com uma proposta genérica. Lembre-se também da importância da experiência do colaborador como componente que pode ter impactos maiores do que salário e recompensas financeiras.

Promova a diversidade e inclusão

Outro tema importante, é valorizar as diferenças entre as pessoas, promovendo a diversidade e inclusão. Os colaboradores devem encontrar um ambiente tolerante a ideias, experiências e valores distintos, a fim de não se sentirem estranhos no ninho.

Aqui os líderes também são fundamentais, já que devem saber como incentivar a cooperação e gerir conflitos internos, promovendo a união entre os membros do time.

Sem contar que o líder tem um papel central na identificação de preconceitos, comportamentos, processos injustos que possam prejudicar o respeito entre os colaboradores.

Inicie a jornada da certificação

Para promover o senso de pertencimento nas empresas, também é importante entender em que pontos a empresa precisa melhorar. Como as estratégias são bastante diversificadas entre si, o gestor tem muitas opções e precisa definir prioridades.

A melhor forma de fazer isso é realizar a pesquisa de clima organizacional. Essa avaliação retrata o sentimento dos colaboradores sobre trabalhar na empresa. Além disso, pode ser dividida por áreas, esclarecendo em partes a experiência do funcionário. 

O resultado da pesquisa indica gaps ou lacunas. As práticas da empresa são comparadas com o benchmarking das melhores organizações. Depois disso, você saberá como chegar na excelência, definindo metas de evolução. 

Posteriormente, com bons resultados, sua empresa também pode se certificar como um excelente lugar para trabalhar. O selo GPTW deixará os seus funcionários orgulhosos de pertencer a organização, além de ajudar nas estratégias de construção de marca..

Assim, o senso de pertencimento nas empresas é fruto de um processo de desenvolvimento organizacional. Esse esforço coloca o negócio à frente dos seus concorrentes, pois ajuda a construir engajamento, aumentar a produtividade e o bem-estar das pessoas como atributos internos. Portanto, cria vantagens competitivas e sustentáveis

Quer saber mais? Para identificar as prioridades, definindo metas claras de desenvolvimento, conheça as soluções e a jornada da certificação do GPTW  e veja como ela pode transformar o seu negócio!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Conteúdos Relacionados

Assine a newsletter do GPTW

e fique por dentro das nossas novidades

Inscreva-se