Por: Great Place To Work®

Por: Great Place To Work®

11 junho, 2024 • 10:10

Em um ambiente empresarial em constante evolução, a rotatividade de funcionários é uma realidade que os gestores enfrentam. Compreender os diferentes tipos de turnover ajuda a  manter a estabilidade e o crescimento das equipes.

Quando uma pessoa deixa a empresa, leva consigo o investimento e conhecimento adquirido dentro do período em que esteve conectada à organização. Essa é uma perda de material humano e capital financeiro que precisamos evitar.

Estimular o desejo da pessoa em permanecer na organização é um dos segredos para reduzir a rotatividade. E isso é feito por meio de uma gestão de pessoas bem estruturada e madura, com uma cultura de confiança.

O que é turnover?

O turnover é a taxa de rotatividade de colaboradores de uma empresa, metrificando a entrada e saída de funcionários na organização, considerando um determinado período.

Conhecido também como rotatividade, essa métrica de recursos humanos é um indicador vital da saúde organizacional

Ao compreender o fluxo de entrada e saída de pessoas colaboradoras da organização, é possível coletar diferentes insights sobre a cultura corporativa, a satisfação dos funcionários e a eficácia das práticas de gestão de talentos.

Para o cálculo do turnover é fundamental estipular a temporalidade da mensuração, pois esse tempo ajuda a compreender o contexto e o cenário da empresa.

Quais são os tipos de turnover?

Existem diferentes tipos de turnover, com origens e motivos variados. Conhecer e mapear cada um deles gera conhecimento e dados importantes para a gestão de pessoas.

Fazer o mapeamento do turnover ajuda a elaborar planos e estratégias para diminuí-lo, por isso, vamos conhecer mais sobre cada um deles:

Voluntário

O turnover voluntário ocorre quando os funcionários optam por deixar a empresa

Essa saída acontece por conta própria, seja para buscar novas oportunidades de crescimento profissional, para escapar de um ambiente de trabalho insatisfatório ou enfrentar desafios pessoais. 

Essa forma de turnover pode ser um sinal de falta de engajamento ou insatisfação entre os colaboradores. É também um alerta para o clima organizacional, que pode estar causando cenários de saídas que a organização não desejava.

Funcional

O turnover funcional ocorre quando a saída de um funcionário é vista como benéfica para a organização

Isso pode acontecer em situações de reestruturação empresarial, fusões ou aquisições, nas quais certas posições se tornam obsoletas ou redundantes. 

Embora pareça contraditório, o turnover funcional pode ser uma estratégia deliberada para impulsionar a eficiência e a produtividade da empresa.

Involuntário

O turnover involuntário ocorre quando a empresa toma a decisão de encerrar o vínculo empregatício com um funcionário

Isso pode ser resultado de questões relacionadas ao desempenho, reestruturação financeira, cortes de custos ou outras razões operacionais. 

Embora necessário em algumas circunstâncias, o turnover involuntário pode ter um impacto negativo na moral da equipe e na reputação da empresa.

Disfuncional

O turnover disfuncional traz consequências prejudiciais para a organização. Ele  inclui altas taxas de rotatividade em cargos-chave, perda de conhecimento e experiência, interrupção da continuidade do negócio e impactos negativos na cultura corporativa. 

Identificar e corrigir os fatores que contribuem para o turnover disfuncional é essencial para garantir a estabilidade e o crescimento sustentável da empresa.

Por que acompanhar o índice de turnover?

Acompanhar de perto o índice de turnover é fundamental para os líderes empresariais, por fornecer insights sobre a saúde organizacional e o bem-estar dos funcionários. 

Um alto índice pode indicar problemas subjacentes, como insatisfação dos funcionários, falhas nas práticas de gestão de talentos ou deficiências na cultura corporativa. 

Ao monitorar regularmente o turnover, os gestores podem identificar tendências, os tipos, antecipar desafios e implementar medidas corretivas proativas.

O que gera o alto índice de turnover?

O alto índice de turnover é muitas vezes um reflexo de uma série de fatores interconectados que podem afetar a satisfação e a permanência dos funcionários na empresa. 

Vamos explorar mais detalhadamente algumas das razões comuns por trás desse fenômeno:

Falta de reconhecimento e recompensa

Os funcionários anseiam por reconhecimento e valorização pelo seu trabalho árduo e contribuições para a empresa. Quando não recebem reconhecimento adequado por seus esforços, podem sentir-se desvalorizados e desmotivados, levando ao aumento do turnover.

Comunicação deficiente

A comunicação eficaz é fundamental para um ambiente de trabalho saudável e produtivo. Quando há falhas na comunicação entre líderes e equipe, podem ocorrer mal-entendidos, falta de clareza sobre expectativas e objetivos, e aumento do estresse e da frustração, contribuindo para o turnover.

Falta de oportunidades de crescimento e desenvolvimento

Os funcionários que não veem oportunidades claras de crescimento e desenvolvimento na empresa podem se sentir estagnados em suas carreiras. Isso pode levar à desmotivação e ao desinteresse no trabalho, levando-os a buscar oportunidades de avanço em outras organizações.

Ambiente de trabalho tóxico

Um ambiente de trabalho tóxico, caracterizado por comportamentos abusivos, desrespeito, bullying ou assédio, pode ter um impacto devastador na moral e no bem-estar dos funcionários. O estresse e a ansiedade resultantes desse tipo de lugar podem levar os funcionários a buscar um trabalho mais saudável e positivo em outras organizações.

Conflitos interpessoais

Conflitos não resolvidos entre colegas de trabalho ou entre funcionários e a gestão podem criar um clima de tensão e hostilidade no local de trabalho. Quando os conflitos não são abordados de maneira eficaz, podem se tornar tóxicos e prejudiciais à cultura organizacional, incentivando os funcionários a procurar oportunidades em outro lugar.

Remuneração inadequada

A remuneração justa e competitiva é um dos principais fatores que influenciam a satisfação e a retenção dos funcionários. 

Quando os funcionários sentem que não estão sendo devidamente compensados pelo seu trabalho e esforço, podem buscar oportunidades em outras empresas que oferecem uma remuneração mais atrativa.

Desalinhamento cultural

O desalinhamento entre os valores, missão e cultura da empresa e as crenças e expectativas dos funcionários pode levar a sentimentos de desengajamento e falta de identificação com a organização. Quando os funcionários não se sentem conectados com a cultura e valores da empresa, é mais provável que busquem oportunidades em organizações que melhor se alinhem com suas próprias perspectivas e princípios.

Identificar e abordar esses fatores de maneira proativa é essencial para reduzir o turnover e promover a retenção de talentos na empresa. Ao criar um ambiente de trabalho positivo, inclusivo e gratificante, os líderes podem ajudar a construir equipes fortes e engajadas que contribuam para o sucesso sustentável da organização.

Como identificar o tipo de turnover predominante na empresa?

Identificar o tipo predominante de turnover requer uma análise cuidadosa dos dados e uma compreensão profunda da cultura e dinâmica organizacional. 

Aqui estão algumas estratégias eficazes para determinar o tipo de turnover predominante:

Análise de dados

Examinar os dados de turnover ao longo do tempo pode revelar padrões e tendências. Isso inclui a taxa geral, a distribuição por departamento ou equipe, a frequência de turnover voluntário versus involuntário e outras métricas relevantes.

Entrevistas de desligamento

Conduzir entrevistas de desligamento com funcionários que deixam a empresa pode fornecer insights sobre suas razões para sair, percepções sobre a cultura e o ambiente de trabalho e quaisquer problemas ou preocupações que possam ter contribuído para sua decisão.

Pesquisas de clima organizacional

Realizar pesquisas de clima organizacional permite que os líderes obtenham feedback direto dos funcionários sobre diversos aspectos do ambiente de trabalho, incluindo cultura, liderança, comunicação, reconhecimento, desenvolvimento de carreira e equilíbrio entre vida profissional e pessoal. Análise dos resultados dessas pesquisas pode revelar áreas de preocupação e indicar o tipo predominante de turnover na organização.

Observação e comunicação aberta

Manter um canal aberto de comunicação com os funcionários e estar atento aos sinais de insatisfação, desengajamento ou conflito pode ajudar os líderes a identificar problemas subjacentes que podem estar contribuindo para o turnover.

Como reduzir o índice de turnover na empresa?

Reduzir o índice de turnover requer uma abordagem holística que aborda tanto as causas imediatas quanto as raízes subjacentes do problema. Aqui estão algumas estratégias eficazes para reduzir o turnover e promover a retenção de talentos:

Recrutamento e seleção alinhados

Recrutar candidatos que se alinhem não apenas às habilidades técnicas necessárias, mas também à cultura e valores da empresa pode ajudar a garantir um melhor ajuste e maior satisfação no trabalho.

Treinamento e desenvolvimento contínuos

Investir no desenvolvimento profissional e pessoal dos funcionários pode aumentar o engajamento, a motivação e a lealdade à empresa.

Valorização e reconhecimento

Reconhecer e recompensar o desempenho excepcional, bem como demonstrar apreço pelos esforços e contribuições dos funcionários, pode aumentar sua satisfação e senso de pertencimento à organização.

Benefícios e programas de bem-estar

Oferecer benefícios competitivos, programas de bem-estar e políticas de equilíbrio entre vida profissional e pessoal pode ajudar a atrair e reter talentos qualificados.

Cultura organizacional positiva

Cultivar uma cultura empresarial positiva, baseada na transparência, confiança, respeito e colaboração, pode criar um ambiente de trabalho onde os funcionários se sintam valorizados, motivados e engajados.

Feedback e comunicação eficazes

Fornecer feedback regular e construtivo, bem como manter uma comunicação aberta e transparente, pode fortalecer os relacionamentos entre líderes e funcionários e promover um clima de confiança e colaboração.Agora que você compreendeu mais sobre os tipos de turnover, aproveite a sua visita para explorar e aprender mais sobre o clima organizacional.

Crédito da imagem: Freepik.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Conteúdos Relacionados

Assine a newsletter do GPTW

e fique por dentro das nossas novidades

Inscreva-se