Por: Admin

Por: Admin

26 outubro, 2021 • 5:22

Diversos fatores influenciam o crescimento positivo de uma empresa e o desenvolvimento organizacional é um deles. Em meio a produtos e serviços, é preciso investir na melhoria de pessoas e processos.

Embora cada empresa tenha objetivos e culturas diferentes, os impactos internos e externos, são comuns em todos os tipos de negócio. Por isso, trabalhar estratégias que canalizem para ações favoráveis é um dos focos desse conceito.

O objetivo deste post é apresentar a teoria do desenvolvimento organizacional e como ela pode ajudar as empresas. Continue lendo e veja o papel do RH para ajudar a acelerar a implementação e proporcionar o crescimento sustentável do negócio!

O que é desenvolvimento organizacional?

A melhoria contínua é quase uma filosofia dentro das empresas e deve fazer parte de uma cultura onde é fundamental ter talentos em evolução constante. Assim, o desenvolvimento organizacional prioriza as transformações que impactam positivamente o negócio como um todo.

Trata-se de uma teoria surgida a partir de 1962 e que segundo Chiavenato, um dos autores mais respeitados do país devido ao seu conhecimento profundo da administração e gestão de recursos humanos, surgiu dessa necessidade de aprimoramento partindo da conexão dos talentos com os objetivos da empresa.

Para que o conceito seja efetivo na prática, é fundamental que a empresa encontre uma forma de engajar e motivar os colaboradores. Assim, todos assumirão o compromisso de compartilhar o mesmo propósito e se desenvolver individualmente, mas com pensamento coletivo.

Como o conceito pode ajudar as empresas?

A integração e interação entre as pessoas são pilares do desenvolvimento organizacional, uma vez que a comunicação funciona de modo que todos tenham ciência e percepção das interferências externas, para ajustar e melhorar o ambiente interno.

O bom desempenho dos colaboradores depende do suporte organizacional para que estejam aptos a enfrentar os principais desafios e ajudar a empresa a se diferenciar e destacar no mercado.

Com o avanço tecnológico e a transformação digital, a empresa que não se modernizar, considerando as inovações e importância de valorização de talentos, perderá vantagem competitiva. Portanto, o desenvolvimento organizacional estimula a mudança e a reinvenção como forma de tornar o negócio mais produtivo.

A otimização e eficiência dos processos depende de ter colaboradores determinados a trazer bons resultados para a empresa. Nesse contexto, o treinamento e a aprendizagem, assim como as políticas de benefícios, são estratégias importantes de atração e retenção de talentos.

Qual o papel do RH na implementação do desenvolvimento organizacional?

O RH, cada vez mais estratégico, tem uma missão desafiadora para ajudar a gestão e lideranças na implementação e continuidade do desenvolvimento organizacional. A visão de futuro deve ser frequente no pensamento e trabalho dos profissionais da área.

Com uma atuação de planejamento e estratégia, o RH tem muito a colaborar para que o negócio se desenvolva e cresça. A área funciona como uma ponte entre as necessidades dos colaboradores e os objetivos da empresa, equilibrando essas duas vertentes com as mudanças e evoluções constantes do mercado.

Trouxemos algumas dicas de como o departamento pode implementar e consolidar o desenvolvimento organizacional da empresa!

Contar com o apoio da liderança

O líder é peça essencial para o desenvolvimento e crescimento organizacional, considerando sua responsabilidade na atuação e desempenho da equipe. Para que as ações estratégicas do RH tenham êxito é preciso contar com o apoio das lideranças.

Uma liderança positiva que acredita no potencial do negócio e consegue transmitir segurança para os liderados. Sem contar que um líder altamente motivado inspira a equipe a seguir seus passos, mesmo diante de grandes desafios.

O RH precisa explorar as potencialidades dos talentos, identificando as forças e fraquezas da equipe a julgar por suas habilidades e competências. O líder deve ser, portanto, o principal aliado, permitindo que o RH atue como consultor em sua área para benefício do negócio como um todo.

Dar oportunidades de desenvolvimento profissional

Para acompanhar a velocidade das transformações mercadológicas, é primordial investir no aprendizado contínuo dos colaboradores, afinal, são eles os responsáveis por dar andamento aos projetos e processos da empresa.

Oferecer treinamentos e capacitações, além de atualizar os profissionais desenvolvendo suas soft skills e hard skills é uma forma de reter talentos. Colaboradores satisfeitos e valorizados, além de se sentirem pertencentes e contribuir para o bom desempenho da empresa, se tornam promotores naturais da marca.

Logo, com profissionais capacitados, os gestores podem tomar decisões mais ousadas, para que a empresa se torne mais competitiva no mercado. É fundamental ter em mente que não existe desenvolvimento organizacional sem a evolução constante dos colaboradores.

Fortalecer a cultura de transparência

A transparência por uma comunicação interna objetiva, acompanhada de feedbacks constantes, deixam claras as intenções da empresa. Para alavancar o crescimento organizacional, os colaboradores devem entender a importância do seu papel nesse processo.

Para isso, é preciso não só realizar avaliações de desempenho, mas analisar os resultados e compartilhar com os colaboradores para que saibam quais são os pontos fortes e, sobretudo, os que devem ser aprimorados.

Nesse sentido, a presença e participação do RH é crucial, para ajudar as lideranças a dar retornos positivos e imparciais, mesmo sobre os pontos de melhoria. Os colaboradores devem se sentir acolhidos e incentivados ao autodesenvolvimento.

Se os profissionais conseguem compreender o que fazem de positivo ou negativo e, também, o que a empresa espera deles, certamente, buscarão o aprimoramento. Os líderes devem ter habilidades para dar e receber feedbacks e enxergar todos eles como construtivos.

O desenvolvimento de uma organização obedece a um processo cíclico, que deve centralizar a ideia de crescimento, e envolver a todos em prol de um mesmo objetivo. Para isso é imprescindível que a cultura organizacional esteja fortalecida, com ênfase na transformação e competitividade.

O GPTW pode ajudar nesse processo com os serviços de consultoria e certificação. O caminho até chegar a esse nível perpassa as ações de desenvolvimento organizacional para conhecer e fortalecer o clima organizacional, a cultura e, consequentemente, fortalecer a imagem de marca empregadora, preocupada com o crescimento em um ambiente saudável e constante processo evolutivo.

Se você gostou do post, aproveite para conhecer o GPTW, nossas soluções e serviços e tudo que podemos fazer para que sua empresa se desenvolva consolidada e forte no mercado!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Conteúdos Relacionados

Assine a newsletter do GPTW

e fique por dentro das nossas novidades

Inscreva-se