Por: GPTW

Por: GPTW

8 dezembro, 2020 • 10:58

O RH estratégico tem uma atuação mais ampla em toda a empresa, colocando as pessoas no centro do negócio para, junto com os gestores, atender os objetivos do negócio e necessidades de cada departamento.

O RH estratégico é um forte aliado dos gestores na identificação de competências e habilidades para melhor direcionamento dos talentos, conforme o planejamento da empresa e as perspectivas profissionais dos colaboradores.

A modernidade e automação dos processos são responsáveis pela transformação e atuação do departamento dentro das organizações. Por meio de dados e análises criteriosas de perfis, as estratégias de RH são alinhadas às necessidades de crescimento do negócio.

Qual a definição de RH estratégico e seus benefícios? Continue a leitura para entender as diferenças desse novo RH para o modelo tradicional, e como implementar o conceito na sua empresa!

O que é o RH estratégico?

Esse é um conceito sobre o papel desempenhado pela equipe de gestão de pessoas para ajudar no desenvolvimento dos colaboradores, tomando como base os dados gerados e os objetivos organizacionais.

Com uma visão macro de tudo que a empresa precisa para se destacar no mercado e se transformar em uma marca de referência, o RH estratégico pode ajudar a construir uma boa imagem, para atração e retenção dos melhores talentos.

Sem deixar de lado as atividades operacionais e trabalhistas do departamento, as estratégias de RH são usadas de forma mais aplicada, de acordo com as demandas de cada departamento sem, contudo, se distanciar da cultura organizacional.

Nessa nova estrutura, o RH se integra aos departamentos e participa ativamente do planejamento e decisões que envolvem as pessoas em benefício da corporação. O trabalho conjunto é que estabelece um ponto de equilíbrio sobre os interesses de todo o grupo.

Com as informações mais confiáveis em mãos, o RH estratégico intervém de uma forma planejada e preventiva, dando suporte e orientação, na medida certa, com maior propriedade de interferência.

Além disso, não espera ser convocado para resolver conflitos ou sugerir melhorias nos departamentos, pois acompanha continuamente a evolução e o desempenho dos setores e colaboradores, evitando assim, situações extremas.

Quais as diferenças entre o RH estratégico e o tradicional?

Se no passado o RH tinha como principal função, cuidar das atividades administrativas, operacionais e burocráticas, relacionadas às questões trabalhistas, essas são tarefas que agora compõem um departamento mais gerencial.

O departamento mantém os processos de admissão, demissão, folha de pagamento, benefícios e tudo que diz respeito aos direitos e obrigações dos colaboradores. Entretanto, a gestão de pessoas aumentou o poder de atuação e incorporou novas funções.

Com menor poder de influência, o RH tradicional apenas acatava as decisões de aumento ou redução do quadro de funcionários. O gerenciamento das relações trabalhistas era formal, limitados ao previsto em lei.

A mudança para um formato estratégico abriu espaço para o acompanhamento da performance e eficiência dos colaboradores, buscando sempre aprimorar as habilidades, seja por capacitação, seja por feedbacks recebidos.

Com isso, o RH pode mapear, sugerir e até mesmo aplicar treinamentos e capacitações, individual e coletivamente, motivando os colaboradores para que se sintam pertencentes à organização e percebam as oportunidades de desenvolvimento na carreira.

Enquanto o RH tradicional se concentra na gestão de custos como forma de minimizar os gastos, o RH estratégico prioriza a gestão de investimentos em ferramentas de otimização que ofereçam recursos para melhorar os resultados financeiros da organização.

Quais são os benefícios do planejamento estratégico de RH?

O planejamento é essencial, não apenas no RH, mas em toda a empresa, para uma visão completa dos objetivos e estruturação das estratégias. Tudo o que envolver os colaboradores, seu desempenho e nível de engajamento, deve fazer parte do planejamento estratégico de RH.

Durante a elaboração do planejamento é possível desenhar os passos que gestores e equipes devem percorrer para alcançar os resultados propostos. É essencial, pensar, sobretudo, no bem-estar das pessoas, para que elas percebam um ambiente favorável ao crescimento individual.

Antes de criar um plano de ação ou adotar medidas e mudanças é preciso entender o cenário, verificar as possibilidades e analisar o que é necessário para conduzir as equipes para uma entrega de maior eficiência.

A integração entre o RH e demais departamentos possibilita levantar diversas hipóteses e planejar em conjunto o que pode ou deve ser feito para manter os colaboradores focados e motivados a utilizar todas as suas habilidades, em prol do sucesso da empresa.

Como implantar o conceito do RH estratégico na sua empresa?

Muitas empresas ainda têm dúvidas de como transformar o RH tradicional em uma versão estratégica de forma efetiva e produtiva. As pessoas, no geral, não estão acostumadas a serem ouvidas e acompanhadas.

Antes de implementar novas diretrizes e funções para a equipe de RH é preciso tomar alguns cuidados e estabelecer etapas para uma implantação bem-sucedida. Veja o que a empresa deve fazer para colocar o conceito estratégico em prática!

Avaliar a situação atual

Um diagnóstico preciso e detalhado do cenário atual vai ajudar a traçar diretrizes e políticas mais adequadas no departamento antes de adotar o RH estratégico como modelo de trabalho.

É fundamental avaliar e identificar os recursos técnicos e humanos disponíveis para dar continuidade ao plano de mudança. Juntamente com a avaliação acontece uma organização das atividades e processos internos, além uma oportunidade de conhecer melhor a empresa.

O perfil da empresa, da gestão e dos colaboradores, bem como cultura organizacional são preocupações contínuas que exercem influência no trabalho do RH, considerando que suas ações dependem de números, para uma análise mais condizente com a realidade.

Estabelecer objetivos

Como o RH estratégico atuará a partir do momento que o modelo for implantado? Ter esse direcionamento mostra com melhor clareza o que e como deve ser feito. Os objetivos estabelecidos no setor devem ir ao encontro das necessidades da empresa, para que suas ações tenham sentido aos colaboradores.

A função do RH estratégico é criar elos e vínculos entre as pessoas, a empresa e os objetivos de todas as partes. Sendo assim, o próprio departamento deve formular, criteriosamente, seus métodos de trabalho, ou seja, definir como alcançará bons resultados.

Modernizar os processos da empresa

Não adianta estabelecer um novo mindset, sem modernizar os processos da empresa e do departamento de RH. A equipe deve estar pronta para absorver novas ferramentas e metodologias.

A tecnologia, cada vez mais, disponibiliza recursos para automatização do processo de recrutamento e seleção, rotina de departamento pessoal, aplicação de pesquisas e avaliação de desempenho.

Acompanhar os resultados

Por meio dos indicadores é possível mensurar diversos resultados que impactam a gestão e o desempenho da empresa. É importante que o RH tenha como principal função, acompanhar a evolução e possível involução de determinadas estratégias.

Se a ideia é que o RH estratégico seja capaz de auxiliar na tomada de decisão, os resultados apurados fornecerão elementos mais consistentes na definição de metas e motivação das equipes para alcançá-las.

O RH estratégico tem um olhar sempre atento às operações, sem deixar de lado os cuidados com a forma como são executadas, para assegurar que os resultados esperados sejam alcançados.

Investir no employer branding

O conceito de marca empregadora está diretamente ligado à reputação que a empresa deseja ter no mercado. A referência de trabalho, o tratamento recebido pelos colaboradores e as oportunidades geradas para os talentos e negócios são aspectos de grande relevância e deve incluir a participação do RH estratégico.

O envolvimento e aprimoramento das habilidades dos líderes contribuem para o sucesso do conceito, uma vez que a gestão é a principal responsável por motivar e engajar seus colaboradores liderados.

Quanto maior a motivação, surgem mais produtividade e chances da empresa se destacar, como o melhor lugar para trabalhar. Cuidar do clima organizacional, da satisfação no trabalho e estimular o senso de pertencimento, a organização pode, naturalmente, obter melhores resultados por meio de uma cultura de confiança, alto desempenho e inovação.

A consultoria GPTW pode te ajudar no processo de diagnóstico e transformação da sua empresa, além de ser um braço do RH. Ouvir os colaboradores é uma forma de entender as práticas atuais da empresa e fornecer ao RH estratégico embasamento para elaborar um plano de ação voltado para resultados.

Gostou do post? Que tal começar agora mesmo a mudar o conceito e transformar o RH em um departamento mais estratégico? Conheça a Consultoria GPTW e saiba como sua empresa pode ser beneficiada!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Conteúdos Relacionados

Assine a newsletter do GPTW

e fique por dentro das nossas novidades

Inscreva-se