Por: Bruno Arins

Redator do GPTW

Por: Bruno Arins

Redator do GPTW

4 setembro, 2019 • 10:33

Você já se perguntou o que faz um candidato optar pela sua empresa? E o que leva o seu colaborador a não ir embora? Ao analisar a edição de 2019 do ranking As 150 Melhores Empresas para Trabalhar no Brasil, do Great Place to Work, chegamos a cinco principais fatores de permanência dos colaboradores que atuam nessas organizações, entre eles, os componentes de um bom Employee Value Proposition (EVP). Acompanhe no infográfico:

infografico - fator de permanencia

Você já se perguntou o que faz um candidato optar pela sua empresa? E o que leva o seu colaborador a não ir embora? Ao analisar a edição de 2019 do ranking As 150 Melhores Empresas para Trabalhar no Brasil, do Great Place to Work, chegamos a cinco principais fatores de permanência dos colaboradores que atuam nessas organizações, entre eles, os componentes de um bom Employee Value Proposition (EVP). 

Se já sabemos quais são os anseios de quem faz os negócios acontecerem, como podemos alinhar as expectativas entre aquilo que a sua empresa propõe e o que os candidatos e colaboradores esperam dela? A resposta está em melhorar o EVP, que é uma excelente ferramenta para atrair talentos e oferecer motivos para os colaboradores ficarem. Neste post, você entende como aplicá-lo.

O que é Employee Value Proposition?

Em tradução livre para o português, seria algo como “Proposta de Valor ao Colaborador”, que corresponde a tudo aquilo que uma empresa proporciona aos colaboradores em troca do tempo e esforço investidos ao desempenhar as suas atividades no ambiente de trabalho. 

É importante ressaltar que o EVP é mais do que uma simples combinação de remuneração e benefícios — confusão comum por conta da palavra “value” que integra o termo

O Employee Value Proposition ideal estabelece um equilíbrio entre recompensas tangíveis (como remuneração e benefícios) e recompensas intangíveis (como o propósito do trabalho, a cultura da empresa e o seu clima organizacional). Em outras palavras, o EVP é uma resposta convincente para as seguintes perguntas de candidatos e colaboradores:

  • Por que eu deveria trabalhar na sua empresa?
  • O que você tem de diferencial para me oferecer?
  • Por que a sua empresa é um ótimo lugar para trabalhar?

Qual é a importância de construir um bom EVP?

O conceito de Employee Value Proposition está bastante alinhado ao momento do RH. Hoje, a gestão de pessoas coloca os colaboradores como parceiros do negócio, que investem na organização e esperam retornos para contribuição que realizam.

Esse aporte não é financeiro, mas relacionado ao trabalho, competência, inovação, comprometimento etc. entregues pelos funcionários. Na prática, se a empresa é capaz de atender aos desejos e necessidades dos profissionais, maior será a vontade do stakeholder de manter ou aumentar a participação.

Perceba que o EVP é responsável por veicular as condições internas e permite a avaliação da organização pelo funcionário-investidor. Foi o que a empresa tem a oferecer que o seduziu o funcionário a realizar sua candidatura e, posteriormente, é o que cria as condições para que ele permaneça no negócio.

EVP e cultura organizacional

O assunto apresenta íntima relação com a cultura organizacional. Quando damos atenção às práticas culturais, também estamos trabalhando o EVP: o modo de ser da empresa — artefatos, valores compartilhados e pressuposições básicas — é associável à imagem de marca empregadora e veiculável na proposta de valor para o funcionário.

Aliás, uma prática coerente com o descrito no EVP é fundamental para que a proposta atinja seu objetivo de atrair, mas especialmente de permanecer com talentos. Afinal, se o profissional não enxerga no ambiente de trabalho as características colocadas no momento da contratação, o caminho mais natural é querer deixar a empresa, não é mesmo?

EVP e clima organizacional      

Por isso, o EVP também se relaciona com o clima organizacional. A percepção dos colaboradores sobre trabalhar na empresa apresenta uma função diagnóstica. É o indicador maior para sabermos se os componentes da proposta de valor são vividos na prática.

Com a pesquisa de clima, entendemos se as experiências são positivas, se a remuneração é adequada, se temos bons líderes e assim por diante. Existe uma jornada, em que melhorias de cultura e clima criam atributos positivos para EVP, e a proposta de valor causa atração e permanência de talentos. 

Ah! E os talentos são fundamentais para atingir metas relacionadas às perspectivas dos processos internos, atendimento ao cliente e resultados financeiros.     

Por que o EVP colabora na atração de talentos?

O Employee Value Proposition colabora no Employer Branding justamente por apresentar ao candidato algo mais do que um simples job description

Segundo a edição de 2017 do Relatório Global de Recrutamento do Linkedin, há dois fatores decisivos que os candidatos levam em consideração ao ponderar sobre uma oferta de emprego: como a empresa poderá impactar no avanço da sua carreira e de que maneira o trabalho será financeira e intelectualmente estimulante.

Já o Global Talent Monitor 2019, estudo promovido pela Gartner, mostra que os fatores de permanência constatados pelo GPTW se repetem globalmente quando se trata de atração de talentos. Enquanto critérios como remuneração e benefícios, qualidade de vida e estabilidade se destacaram em todo o mundo, a busca por oportunidades de crescimento demonstrou avanço na Austrália, China, Índia e Reino Unido.

 

Como o EVP afeta o recrutamento e seleção de pessoas?

Um bom EVP estimula os profissionais a participarem dos processos seletivos. Como mencionamos em artigo sobre recrutamento e seleção de pessoas, as melhores marcas empregadores receberam em média 56 mil currículos no ano de 2019. Diversas pessoas estão interessadas no retorno do investimento que elas podem oferecer.

Atrair candidatos qualificados

A melhoria também está relacionada à qualidade dos profissionais que participam das seletivas. Diante de um cenário em que é difícil encontrar pessoas qualificadas, os talentos frequentemente têm mais de uma proposta de valor na mesa. Logo, há um benefício direto em aumentar a competitividade da organização

Melhorar o fit cultural 

Outro ponto relevante é que, quando veicula claramente os valores da empresa, o EVP tende a atrair as pessoas com fit cultural

A lógica é que as pessoas identificadas com a cultura da empresa estarão mais dispostas a buscar uma vaga na organização, enquanto as demais adotarão uma postura neutra ou serão afastadas pela expectativa em relação ao trabalho.

Facilitar a contratação de profissionais empregados

Há, ainda, as situações específicas em que o alvo da empresa é um profissional contratado por outra organização. Em um processo de hunting para contratar líderes, por exemplo, a EVP entrará em choque com aquela existente na posição atual do talento, influenciando decisivamente a mudança.  

Fornecer uma comunicação clara

Então, podemos concluir que o papel do EVP é comunicar claramente o retorno do investimento aos profissionais. Cria-se um incentivo para encorajar a participação nos processos daqueles perfis que se identificam com a proposta de valor, otimizando o processo seletivo.

Quais são os componentes de um bom EVP?

Normalmente, as empresas reduzem seu EVP a remuneração e benefícios — que são, sim, primordiais, mas não suficientes. Para além disso, é fundamental fortalecer a proposta de valor criando mecanismos que melhorem a experiência do colaborador e reforcem a sua conexão com a organização. 

Nesse sentido, há quem simplifique o EVP em três componentes:

  1. Recompensas contratuais: nesta categoria, estão as recompensas tangíveis, ou seja, o salário e o pacote de benefícios. Procure fazer o possível para que a remuneração de cada posição seja competitiva dentro do seu mercado.
  2. Recompensas experienciais: reflita sobre como os funcionários experimentam a sua empresa dentro e fora do trabalho. Elas incluem desde apoio na gestão de carreira a programas de bem-estar físico, financeiro, emocional e social.
  3. Recompensas emocionais: são as recompensas intangíveis que influenciam no engajamento das pessoas. Elas passam pela realização de um trabalho com propósito e por uma cultura de reconhecimento e valorização do colaborador.

Como construir um bom EVP?

A construção do EVP é um processo de identificação, planejamento, melhoria e comunicação. Além disso, no cuidado com esses pontos, é fundamental trabalhar a coerência entre o discurso e a realidade da empresa, para ter efetividade. Confira!

Faça um diagnóstico organizacional

O ponto de partida é entender o que a organização oferece atualmente para os seus colaboradores — quais são as suas forças e fraquezas. Os indicadores-chave para esse entendimento são o clima organizacional e o e-NPS.

Avalie o perfil dos profissionais

Outra consideração relevante é o perfil desejado. Além do fit cultural, fique atento às diferenças existentes entre os cargos e candidatos. Por exemplo, a proposta de trabalhar no front de vendas pode ser vista como positiva para os profissionais mais extrovertidos, mas não recebe tanta adesão de pessoas introvertidas.

Planeje as recompensas

Com o conhecimento adquirido até aqui, defina as recompensas contratuais, experienciais e emocionais que farão parte do Employee Value Proposition. Aqui, o benchmarking é fundamental: os modelos de sucesso precisam ser usados como parâmetro para que os gestores entendam o posicionamento da empresa em relação às melhores práticas.

Promova mudanças de clima e cultura

O passo seguinte é realizar melhorias no modo de ser da empresa. Diferentemente de salários e do pacote de benefícios, que podem ser aumentados com recursos financeiros, as recompensas emocionais e experienciais requerem a construção de um bom lugar para trabalhar. Do contrário, não haverá entrega de valor, e o EVP ficará apenas no discurso.

Comunique a proposta de valor

Outro cuidado relevante é a comunicação interna e externa. O ideal é que marketing e RH colaborem para veicular uma mensagem clara e que chame a atenção das pessoas para o que a organização tem a oferecer. Igualmente, é importante trabalhar o Employer Branding, vinculando os aspectos positivos do EVP à marca empregadora.

Revise periodicamente

A proposta de valor deve estar aberta a ajustes, sendo revista de tempos em tempos. Além de eventuais correções, as pessoas e o contexto mudam. Basta imaginar que, anos atrás, o foco eram benefícios e salários, enquanto hoje há um entendimento mais amplo do que vem a ser um bom lugar para trabalhar.

Qual é o papel da pesquisa de clima organizacional?

A medida mais efetiva para trabalhar o EVP é a aplicação da pesquisa de clima organizacional. Com ela, em vez de lidar com as partes isoladamente, as medidas propostas serão integradas em um mesmo processo de melhoria, potencializando os resultados.

Inicialmente, a pesquisa oferece o diagnóstico organizacional. Com o auxílio do benchmarking do GPTW, essa etapa permite identificar as lacunas de experiência e pontos de melhoria em relação às melhores práticas do mercado. Logo, ela trabalha simultaneamente o modo de ser da empresa e os componentes da proposta de valor.

Além disso, a organização conta com suporte, materiais e bancos de conhecimento sobre como melhorar o clima organizacional, fortalecer a cultura da empresa e atingir a maturidade na gestão de pessoas. 

O processo é realizado ouvindo os próprios funcionários, que respondem a questionários online. A partir da percepção dos colaboradores, o RH entenderá a satisfação dos profissionais e, com a repetição de pesquisas ao longo do tempo, o impacto das medidas que vierem a ser implementadas.

Vale ressaltar que a pesquisa de clima faz parte da jornada de certificação. Ao alcançar o patamar de excelente lugar para trabalhar, a organização recebe o selo GPTW para reconhecer os avanços realizados. Logo, pode trabalhar a marca empregadora e a comunicação a partir dessa validação externa. 

Que benefícios a empresa tem ao trabalhar o EVP?

A construção de um bom EVP é um investimento no capital humano. A partir dele, a empresa aumenta seu potencial de contar com os conhecimentos, habilidades e atitudes necessários para construir vantagens competitivas e desenvolver a estratégia de negócios. Os benefícios podem ser detalhados da seguinte forma.

Melhorar a atração de talentos

Mais pessoas estarão interessadas em trabalhar na empresa; entre elas, os profissionais mais qualificados do mercado.

Aumentar os fatores de permanência

Por meio da EVP, o RH constrói as condições para que os talentos desejem permanecer na organização, bem como recusem outras propostas de trabalho.

Fortalecer a marca empregadora 

Um terceiro benefício é ter atributos positivos e fazer a associação dessas características à imagem da empresa. Ao pensar na organização, os profissionais se lembrarão das possibilidades do EVP: remuneração, experiências, perspectivas de crescimento, valores etc.

Gerar satisfação e engajamento

Por fim, o EVP é um dos motivos para que o profissional esteja satisfeito com o retorno do próprio investimento. Logo, a tendência é aumentar os investimentos: perseguir os objetivos da organização, ser mais comprometido, entregar um bom trabalho etc.

Como posso comunicar o meu EVP ao público?

Um relatório de 2018 com empresas da Fortune 500 indicou que 59% delas falham ao expor a sua Proposta de Valor ao Colaborador. Para você entender melhor como apresentar o Employee Value Proposition, trouxemos alguns exemplos de empresas que investem em uma comunicação eficiente junto a candidatos e colaboradores — de simples a complexas.

Dell

Com um vídeo baseado apenas em animação e locução, a Dell conseguiu transmitir o seu EVP, que entrega todos os componentes indicados acima.

Cisco

Uma das 150 Melhores Empresas para Trabalhar no Brasil perguntou aos funcionários como os valores organizacionais ajudavam a realizar grandes feitos. 

Os colaboradores eram convidados a deixar sua opinião em post-its e colar esses pequenos bilhetes em um mural. Para registrar essa construção conjunta, foi feito um vídeo divulgado para todos na empresa, um vídeo que refletia justamente essa “proposta de valor para o colaborador” (o EVP).

BMW

Já a BMW resolveu deixar que seus próprios funcionários falassem sobre o valor que encontram ao trabalhar na empresa, gerando mais autoridade.

Como você viu nos vídeos, o EVP começa muito antes da promessa feita nos seus anúncios de vagas. Criar uma Proposta de Valor ao Colaborador é importante da mesma maneira que a sua empresa elabora a proposta de valor ao cliente

Para entender melhor como aplicar o Employee Value Proposition na jornada do funcionário e conhecer demais estratégias para fortalecer a sua marca empregadora, confira nosso e-book especial sobre Employer Branding e outras técnicas de Marketing no RH!

Deixe seu Comentário

9 Comentários

  • Postado por: BRUNA MOREIRA DO NASCIMENTO OLIVEIRA •

    Bom dia!

    Vocês possuem um curso com esse conteudo ?

    No aguardo.

    • Postado por: Great Place to Work •

      Olá, Bruna! Obrigado pelo interesse! Uma pessoa de nossa equipe irá entrar em contato com você.

  • Postado por: MARIA VALDERICE DE OLIVEIRA BATISTA •

    Gostei das apresentações, bem como, o resultado do EVP, para entender sua aplicação e seu desenvolvimento para um bom resultado.

  • Postado por: Luciene de Souza Veiga •

    Conteúdo extremamente relevante e super didático somado ao video das aulas. Amei!

  • Postado por: João Víctor Degani Teixeira •

    Olá, tudo bem?

    Gostaria de saber também se há um curso relacionado a essa temática, me interesso bastante.

    • Postado por: Great Place to Work •

      João, para saber sobre os cursos do GPTW, entre em contato, por favor, com a Silvia, da área de Educação Corporativa: silvia.furgler@greatplacetowork.com

      Obrigado pelo interesse!

  • Postado por: Giuliane Calvi •

    Conteúdo excelente!!!

  • Postado por: Maria do Amparo •

    Parabéns pelo artigo, de forma objetiva trata o assunto com muita propriedade, uma verdadeira aula sobre EVP.

  • Postado por: Priscila Padilha •

    Matéria perfeita! Parabéns!

Conteúdos Relacionados

Assine a newsletter do GPTW

e fique por dentro das nossas novidades

Inscreva-se