Por: GPTW

Por: GPTW

11 maio, 2021 • 11:35

Os indicadores de RH são ferramentas importantes para geração de dados e informações que ajudam a medir a performance de pessoas e processos para adequar aos objetivos da empresa.

A análise de dados pode transformar a gestão de pessoas, por isso, os indicadores de RH são tão importantes. É por meio deles que se torna possível mensurar o desempenho das equipes e dos processos de uma empresa.

Os gestores e líderes precisam de informações confiáveis para tomar decisões mais consistentes e seguras. Com os indicadores, o RH terá condições de coletar dados concretos e prestar o suporte necessário.

Neste post, além da importância da análise de dados, vamos conhecer os indicadores de RH mais utilizados nas empresas. Continue lendo e veja todos os cuidados que se deve ter ao escolher e analisar os indicadores!

A importância da análise de dados

O mundo corporativo mudou, e com ele, a forma de as empresas lidarem com as pessoas e os processos no ambiente de trabalho. O volume de dados e informações que circulam diariamente requer filtro e análise para mensurar o desempenho geral do negócio.

O capital humano é um dos bens mais valiosos de uma organização, por isso, cuidar para alinhar as necessidades dos colaboradores aos objetivos da empresa é uma das missões mais importantes da gestão de pessoas.

Com a ajuda dos indicadores de RH é possível avaliar os aspectos mais relevantes que envolvem os colaboradores e o modo como se relacionam com a cultura organizacional da empresa uma maneira segura e imparcial de medir resultados.

Também chamados de KPIsKey Performance Indicator ou indicador-chave de desempenho, no RH os indicadores colaboram para a criação de estratégias que contribuam para o desenvolvimento dos talentos e crescimento da empresa.


Os indicadores de RH mais utilizados nas empresas

Existem diversos indicadores de RH que podem ser utilizados para ajudar gestores em suas lideranças. Por mais que as pessoas sejam diferentes, os indicadores tratam de sintetizar as ações individuais e mostrar o efeito que elas provocam no coletivo.

Para cada indicador há um tipo de análise, sendo importante reunir os resultados para avaliação do contexto geral. São eles que fornecem os dados e informações ideais para o trabalho estratégico do RH, de apoio aos setores.

Conheça agora os mais importantes indicadores de RH e como eles podem ajudar a empresa a melhorar sua gestão de pessoas e cuidar melhor dos seus talentos!

Turnover

Esse é um dos indicadores que o RH precisa acompanhar de perto, pois está diretamente ligado à satisfação profissional e ao ambiente de trabalho. O índice elevado de rotatividade é um sinal de que a empresa pode não estar correspondendo às expectativas dos talentos.

Além de gerar custos, em função dos valores desembolsados com as rescisões de contrato, a quebra de ritmo, com a saída de um ou mais membros da equipe, pode impactar na produtividade.

Uma taxa de turnover aceitável deve circular abaixo de 5%, caso contrário, a organização deve se preocupar com as ações desenvolvidas e aplicadas na retenção de talentos — funcionários satisfeitos não cogitam ir embora da empresa.

Para chegar a um resultado numérico é preciso realizar um cálculo dividindo o número de funcionários desligados pelo número total de funcionários ativos dentro de um mesmo período e multiplicar por 100.

Com os dados gerados é hora de analisar a origem do problema. Pode ser uma falha no processo seletivo, de contratação errada de perfil ou problemas relacionados aos gestores e sua forma de liderança nas áreas.

Absenteísmo

A ausência não programada de um colaborador pode causar verdadeiro transtorno para o setor e para a empresa. Em casos de absenteísmo — falta de um colaborador por qualquer motivo — é essencial entender os motivos do alto índice de afastamentos.

A falta completa ou atrasos constantes são indícios de que a empresa pode não ser a prioridade de um funcionário. Na maioria dos casos ele passa a não se preocupar tanto com o cumprimento das atividades ou com a sobrecarga de trabalho dos colegas.

Com esse indicador é possível entender se o problema é pontual ou se abrange um número maior de colaboradores. Além disso, é possível mensurar a recorrência dessas ausências e comparar com o período de análise.

Pode ser que esteja vinculado à mudança de gestão, alteração nos processos, desfalque nas equipes e que os profissionais não estejam preparados, física e emocionalmente, para lidar com determinadas ocorrências — sinais de que o RH deve atuar no campo da motivação e engajamento.

Desempenho

Para mensurar o desempenho de um time é preciso levar em consideração três aspectos — o tempo, o custo e a qualidade. Ao medir a produtividade é possível entender a performance do setor e do grupo.

Dessa forma, o setor de recursos humanos, junto com os gestores saberão com maior propriedade quais são os colaboradores com destaque no desempenho e encontrarão respostas que ajudem a formular as estratégias para melhorar quesitos como assiduidade, cumprimento dos prazos, conclusão de projetos, entre outros.

Headcount

Em um período, o número de colaboradores aumentou ou diminuiu? Nesse indicador de RH, o principal objetivo é saber se a empresa conseguiu atingir seus objetivos de crescimento dentro do que foi planejado.

O indicador tem uma relação direta com o desempenho, a produtividade, os custos e os resultados. Os números ajudam a compreender onde a empresa está acertando ou errando para intensificar ou remodelar as estratégias de trabalho.

Custos per capita de benefícios

Avaliado por período, esse indicador mostra os gastos efetivos com benefícios, comparados ao número de colaboradores ativos na empresa. Ele é um indicativo para os planos de carreira e retenção de talentos, uma vez que para muitos, o pacote de benefícios é mais importante do que o próprio salário.

Nesse pacote estão inclusos, além dos tradicionais planos de saúde e vale alimentação, o investimento em capacitação, treinamentos e premiações por bom desempenho. Por isso, é crucial saber o quanto a empresa investe de benefícios para cada funcionário em comparação aos seus resultados.

Competitividade salarial

Se os benefícios são importantes para um grupo de talentos, para outro, o salário tem um peso maior nas decisões para aceitar uma vaga de emprego, no caso de candidatos, ou permanecer na empresa, se tratando dos que já estão vinculados.

É preciso voltar os olhos para as práticas do mercado, sobretudo, de empresas do mesmo segmento ou com atividades similares. Ao dividir o salário pago na empresa pelo oferecido nas outras empresas, se o resultado apresentar um número menor que 1 é sinal de que é a hora de avaliar a competitividade nesse aspecto.

Investimento em treinamento

Investir em treinamento é uma das decisões mais sábias de uma empresa, mas para isso, ele precisa trazer resultados. Muitos talentos optam por trabalhar em empresas que se preocupam em desenvolver suas habilidades e competências por meio dos treinamentos.

Sendo o capital humano tão importante, treinar os colaboradores é uma forma de dizer a eles que a empresa deseja seu crescimento. Entretanto, a mensuração dos resultados pós treinamento é primordial para saber se o retorno do investimento em treinamento está satisfatório.

Clima organizacional

O clima agradável e ameno do ambiente de trabalho faz toda a diferença na satisfação dos colaboradores e, por consequência, nos resultados da empresa. Com esse indicador de RH é possível saber como anda o relacionamento entre as equipes e com suas lideranças.

Além da produtividade, um bom clima é fator de retenção, considerando que funcionários felizes e realizados, sintonizado com a cultura organizacional, não pensam em migrar de empresa, se entendem que estão no melhor lugar para trabalhar.

Os indicadores de RH são fundamentais na mensuração de performances da organização. Com a ajuda de uma boa consultoria, sua empresa pode aprimorar os resultados, prevendo erros na gestão de pessoas que podem ser corrigidos em tempo hábil ou até mesmo, evitados.

Gostou do post? Aproveite a visita no nosso blog e veja como o People Analytics pode ajudar na otimização e melhoria dos processos de RH em benefícios da sua atuação nas empresas!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Conteúdos Relacionados

Assine a newsletter do GPTW

e fique por dentro das nossas novidades

Inscreva-se